Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Questionado sobre valor do Itaquerão, Andrés Sanchez diz: 'Um dia paga'

.

ALEX SABINO E GUILHERME SETO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez mobilizou conselheiros fiéis a ele no clube e contribuiu para que o atual mandatário, Roberto de Andrade, se livrasse do afastamento do cargo nesta segunda-feira (20). Por conta disso, o deputado federal (PT) foi pressionado por sócios presentes no clube que queriam a queda de Andrade.

Questionado por torcedores sobre como o clube pagaria os valores da construção do Itaquerão, tida como uma das conquistas de sua gestão, o presidente disse apenas: "Um dia paga."

Vivendo período de dificuldades financeiras, o Corinthians negocia com a Caixa Econômica Federal a redução das parcelas de pagamento do estádio.

O seu apoio ao atual presidente também motivou cobranças.

"Se a votação para o impeachment fosse solução para os problemas seria fácil. O problema do Corinthians é muito maior do que só tirar o presidente. O problema maior do Corinthians é essas políticas todas", disse Sanchez a um associado que o cobrava exaltadamente.

"Não fui eu que decidi manter o Roberto, foram os conselheiros", continuou Sanchez.

"Não dá para cobrar R$ 100 por ingresso para sempre, ninguém aguenta pagar. Hoje é só R$ 30", completou o dirigente, dando sua opinião sobre o motivo para a queda de renda com os jogos na Arena Corinthians.

Antes da votação, Andrade se reuniu com representantes da chapa Renovação e Transparência, encabeçada por Sanchez, e se comprometeu a descentralizar a gestão e a ceder cargos a membros do grupo. Com isso, Sanchez deve aumentar o escopo de sua influência no Corinthians.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber