Mais lidas
Esportes

Fluminense controla Volta Redonda com reservas e segue 100% no Estadual

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Nem parecia o time reserva na vitória tricolor deste sábado (18). Cheio de garotos, o Fluminense mandou no jogo contra o Volta Redonda e merecidamente venceu por 3 a 0 no estádio Moça Bonita. Richarlison marcou duas vezes, e Reginaldo também deixou o dele. O goleiro Marcos Felipe ainda defendeu um pênalti na reta final, salvando o Flu de sofrer o seu primeiro gol no Estadual.

O triunfo confirma a ótima fase do Fluminense. As cinco vitórias seguidas garantem a liderança do grupo C da Taça Guanabara, e agora o tricolor espera o complemento da rodada para saber se enfrenta Flamengo ou Madureira na semifinal (as equipes se enfrentam neste domingo, e uma derrota rubro-negra resulta em Fla-Flu).

Richarlison voltou da seleção brasileira sub-20 disposto a pressionar o titular Henrique Dourado. Os primeiro gol do atacante desestruturou o Volta Redonda, e o segundo afastou de vez qualquer chance de reação. No segundo tempo, o camisa 70 subiu de cabeça e chegou a anotar o terceiro, mas a arbitragem se equivocou e acabou marcando impedimento.

Dominando a partida desde o início, os reservas do Fluminense abusaram da velocidade e várias vezes envolveram a defesa adversária. O que mais deu certo foram as triangulações pelos lados do campo.

O Volta Redonda, por sua vez, teve a primeira chance de gol aos 13 min do segundo tempo, o que resume bem o controle imposto pelo tricolor. É a terceira partida seguida em que o Fluminense faz três gols em menos de 35 minutos (4 a 0 no Bangu e 5 a 2 no Globo-RN).

Os três gols saíram de erros diretos ou indiretos de defensores do Volta Redonda, mas as falhas não foram apenas essas. Defensivamente a equipe ocupou mal os espaços e por isso sofreu com as infiltrações do Flu.

A transição ofensiva do Volta Redonda também foi fraca, com muitos passes errados, e a única saída encontrada foi insistir em lançamentos ineficazes. Um pênalti duvidoso deu a chance de diminuir, mas Marcos Felipe defendeu a cobrança de Diego Souza.

ARBITRAGEM

O árbitro Marcelo de Lima Henrique volta a apitar o Estadual do Rio após três anos na Federação Pernambucana de Futebol (FPF). Esta foi a primeira partida dele envolvendo um clube grande em 2017, e o juiz foi em grande parte discreto. O pênalti marcado para o Volta Redonda foi polêmico, mas o árbitro chamou mesmo a atenção ao deixar cair o cartão amarelo no gramado.

Aos 45 anos, Marcelo de Lima Henrique chegou a se aposentar em dezembro, mas acabou beneficiado por uma decisão da CBF. O limite de idade dos árbitros aumentou cinco anos, estando agora estipulado em 50.

FLUMINENSE

Marcos Felipe; Renato, Reginaldo, Frazan e Marquinhos Calazans; Pierre, Wendel (Osvaldo), Marquinho; Marcos Junior (Maranhão), Lucas Fernandes (Danielzinho) e Richarlison

T.: Abel Braga

VOLTA REDONDA

Douglas Borges, Henrique (Caio Cézar), Felipe, Luan e Cristiano; João Cleriston (Diogo Alves), Marcelo e Higor Leite; Luís Gustavo, David Batista e Octávio (Diego Souza)

T.: Cairo Lima

Estádio: Proletário Guilherme da Silveira Filho (Moça Bonita), no Rio Árbitro: Marcelo de Lima Henrique

Cartões Amarelos: Reginaldo (F); João Cleriston e Diogo Alves (V)

Gols: Richarlison, aos 13 min e aos 33 min do primeiro tempo; e Reginaldo, aos 31 min do primeiro tempo

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber