Esportes

Time rodou elenco na Primeira Liga, mas atletas testados decepcionam

.

BERNARDO GENTILE

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Com 100% de aproveitamento, o Fluminense decidiu poupar alguns jogadores na última quarta-feira, quando acabou derrotado por 1 a 0 pelo Internacional, no Beira Rio. Alguns atletas ganharam oportunidade para mostrar serviço ao técnico Abel Braga, mas a verdade é que nenhum deles se destacou positivamente.

Pelo contrário. Renato, por exemplo, foi a grande decepção. O lateral direito não conseguiu apresentar bom futebol e acabou substituído no intervalo. Quem também não aproveitou a oportunidade foi o atacante Osvaldo, que teve atuação apagada, assim como na última temporada.

Havia grande expectativa em cima de Luiz Fernando e Marquinho, que tem tido oportunidades durante os jogos iniciais de 2017. A dupla, porém, não conseguiu se encontrar em campo. O volante parecia nervoso com a chance e não teve boa atuação. Já o apoiador foi pouco participativo e deixou a desejar.

Lucas Fernandes e Marcos Júnior, por outro lado, foram pouco acionados pela equipe. Isolados na maior parte do tempo, os jogadores de frente não tiveram grandes oportunidades de fazer a diferença e passaram despercebidos na maioria do tempo.

Até mesmo os titulares não tiveram o mesmo desempenho. Caso de Orejuela, que se destacou bastante nas primeiras partidas da temporada. Contra o Inter, no entanto, foi bem mais discreto. O mesmo se aplica a Henrique, que teve Nogueira como companheiro ao invés de Renato Chaves.

Com a derrota para o Inter, o time tricolor cai para a segunda colocação com 3 pontos. O Fluminense volta a campo no domingo, às 17h, quando receberá o Bangu, no estádio Los Larios, em Xerém, pelo Campeonato Carioca.