Esportes

Berrío estreia com gol, e Flamengo se mantém 100% com vitória sobre o Grêmio

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Flamengo segue com aproveitamento perfeito na temporada. Com gols de Everton e do estreante Berrío, o rubro-negro fez 2 a 0 sobre o Grêmio nesta quarta-feira (9), no Mané Garrincha, pela rodada inicial da Primeira Liga.

Com a vitória, o Flamengo assume a liderança do grupo B da competição, com três pontos. O time carioca foi superior durante toda a partida ao Grêmio, que jogou com time todo reserva, sofreu para criar chances de gol e pouco ameaçou o goleiro Muralha.

O Grêmio preteriu a Primeira Liga e levou a campo uma equipe totalmente reserva. Nem o técnico Renato Gaúcho foi à Brasília, cedendo o comando do time ao assistente Alexandre Mendes.

O jogo, porém, serviu para promover estreias. Nas laterais, o veterano Léo Moura e o rodado Cortez atuaram pela primeira numa partida oficial pelo Grêmio – assim como o volante Michel, recém-chegado após ser campeão da Série B pelo Atlético-GO.

Já o técnico do Flamengo optou por escalar força máxima na estreia da equipe na Primeira Liga, promovendo o retorno do volante Rômulo e Diego. Após descansar no fim de semana na terceira rodada da Taça Guanabara, a dupla voltou ao time titular do Flamengo. O meia voltou a ser importante, ao arquitetar o primeiro gol rubro-negro.

O JOGO

O primeiro tempo no Mané Garrincha foi de domínio total do Flamengo. Com apenas 3 minutos, Réver e William Arão quase marcaram de cabeça. A jogada aérea, aliás, foi a principal arma do time da Gávea, que exagerou no número de bolas alçadas na área diante da forte marcação do Grêmio: foram 16. Numa delas, Bruno Grossi fez lambança, mas se redimiu com defesa espetacular.

Por sua vez, o time gaúcho praticamente só se defendeu e não levou perigo sequer uma vez ao gol de Muralha. Quando trabalhou a bola com um pouco mais de calma, o time de Zé Ricardo chegou ao gol. Aos 42, após lindo passe de três dedos de Diego, o lateral peruano Trauco deu mais uma assistência -dessa vez para Everton, que chutou forte e rasteiro para marcar pela primeira vez na temporada.

Um dos lances mais curiosos do primeiro tempo aconteceu com o volante Kaio. Ele tentou dar um passe de calcanhar com a perna direita, mas acabou acertando a bola na perna esquerda. Tentou uma jogada de efeito, mas acabou jogando a bola pela lateral.

Inofensivo antes do intervalo, o Grêmio mudou a postura na etapa final. Logo nos primeiros minutos, avançou as linhas sobre o campo do Flamengo e começou a equilibrar a partida. A primeira boa chance aconteceu com Bolaños, que arriscou chute cheio de efeito de longe e obrigou boa defesa de Muralha. O tricolor de Porto Alegre voltou a levar perigo de fora da área com Everton, fazendo o goleiro rubro-negro trabalhar de novo.

BERRÍO

Zé Ricardo promoveu a estreia do reforço colombiano Berrío aos 15 minutos do segundo tempo. Aplaudido pela torcida no Mané Garrincha, o atacante entrou com muita vontade, mas pareceu ansioso. Errou alguns passes bobos e perdeu algumas chances de contra-ataque, mas na primeira oportunidade mostrou ter estrela. Ele aproveitou bola desviada de cabeça por Guerrero e só empurrou para as redes aos 33 minutos da etapa final, praticamente garantindo a vitória do Flamengo.

FLAMENGO

Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Miguel Trauco; Rômulo, Willian Arão, Diego (Márcio Araújo), Federico Mancuello (Berrío) e Everton (Gabriel); Paolo Guerrero. T.: Zé Ricardo

GRÊMIO

Bruno Grassi; Leonardo Moura, Raphael Thyere, Bressan e Cortez; Michel, Arthur, Kaio e Fernandinho; Everton e Miller Bolaños. T.: Alexandre Mendes

Gols: Everton, aos 42min do 1º tempo; Berrío, aos 33min do 2º tempo

Cartões amarelos: Diego (F); Bressan (G)

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília (DF) Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)