Esportes

Ganso promete seguir Neymar e ficar no Santos

Da Redação ·
O meia Paulo Henrique Ganso revelou que irá renovar seu contrato com o Santos no mesmo molde do que fez o atacante Neymar
fonte: Arquivo/Agências
O meia Paulo Henrique Ganso revelou que irá renovar seu contrato com o Santos no mesmo molde do que fez o atacante Neymar

O meia Paulo Henrique Ganso revelou que irá renovar seu contrato com o Santos no mesmo molde do que fez o atacante Neymar na semana passada. Os dois jovens astros do futebol brasileiro, que brilham tanto com a camisa santista quanto da seleção, foram recebidos nesta segunda-feira, no Hotel Transamérica, em São Paulo, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os parabenizou pela decisão de continuar jogando no Brasil, resistindo às propostas milionárias de clubes do exterior.

continua após publicidade

Apesar de ter recebido uma proposta milionária do Chelsea, que estava disposto a pagar a multa rescisória de 35 milhões de euros para tirá-lo do Santos, Neymar resolveu continuar na Vila Belmiro. Para isso, prorrogou seu contrato até 2015, aumentou a multa para 45 milhões de euros e abriu espaço para ganhar compensações financeiras. Agora, a diretoria santista promete fazer o mesmo com Ganso, cujo compromisso atual com o clube já vai até 2015 e tem uma multa no valor de 50 milhões de euros.

continua após publicidade

Ganso disse ter se sentido muito orgulhoso por ouvir as palavras de Lula. "Eu fico muito feliz. O presidente acabou de falar isso para a gente. Eu fiquei orgulhoso porque, apesar de a gente ser jovem, permaneceremos no Brasil", afirmou o meia de 20 anos. Perguntado se outros clubes no Brasil têm condições de reter seus melhores jogadores, a exemplo do que fez o Santos, ele disse que sim. "O Brasil tem muitos jogadores jovens e de qualidade e que devem permanecer no Brasil."

continua após publicidade

Neymar ressaltou ter ficado grato pela aprovação do presidente Lula por ter optado em continuar no futebol brasileiro. "Significa muito e eu vou lembrar disso para o resto de minha vida", declarou o jovem atacante de 18 anos. Lula, por sua vez, elogiou o presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, por ter lutado pela permanência de dois "meninos extraordinários" em um time brasileiro.

"Foi uma atitude corajosa: um presidente de um clube que tem jogadores imprescindíveis como Ganso e Neymar brigar para que eles ficassem. Não é fácil dois meninos ficarem e abrirem mão de 30 milhões (a proposta feita pelo Chelsea ao Santos era de 30 milhões de euros)", afirmou Lula. "Afinal de contas, eles são os artistas do futebol. Achei uma lição e espero que outros times sigam a decisão política."

continua após publicidade

Questionado se o torcedor Lula, que é corintiano fanático, mudaria de time por causa de uma atitude como a mostrada pelo Santos, ele respondeu: "Não dá para mudar, porque isso está no sangue", brincou o presidente.