Mais lidas
Esportes

Derrota não muda planos, e Renato Gaúcho valoriza grupo atual

.

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - O Grêmio perdeu para o Caxias por 2 a 1 neste domingo (5). Mas a queda, sendo 'amarrado' pelo time rival na maior parte do jogo, não mudará em nada o planejamento do clube. Reforços imediatos só chegarão -se chegarem- para 'compor o grupo'. Não haverá uma contratação em condição de titularidade imediata.

O discurso foi semelhante entre o técnico Renato Gaúcho e o vice de futebol Odorico Roman. Tanto quem responde pelo gramado quanto quem tem o poder de investimento acredita que apenas atletas para completarem elenco devem chegar.

"Meu grupo é este e continuará sendo este. Não vou repetir isso todas as entrevistas. Não dá para falar, ganha, é bom, perde, é ruim. Não somos o Barcelona e o Real Madrid. Mas o grupo é bom. Chegaram peças para nos ajudar e vão continuar ajudando. Acabamos de ser campeões", disse Renato.

Fica claro uma mudança de discurso do treinador. Antes cobrando contratações 'de peso' e afirmando que deixou tudo 'mastigadinho' para os dirigentes, o técnico desistiu da pressão e passou a valorizar o que tem em mãos.

Enquanto isso, o vice de futebol gremista já dizia anteriormente que a meta não era contratar atletas 'populares', gerando divergência com o ex-atacante.

"Tenho sido repetitivo porque as perguntas são sempre as mesmas. Estamos olhando zagueiros e volantes para trazer para o grupo. Uma contratação de maior vulto e repercussão acontecerá, se acontecer, mais adiante. Agora não", falou Roman.

PLANEJAMENTO

O Grêmio não mudará seu planejamento físico para a semana. Irá usar reservas contra o Flamengo, pela Primeira Liga, nesta quarta-feira (8). Será oportunidade para observar os jogadores contratados para esta temporada, como Léo Moura, Cortez e Jael (que entrou diante do Caxias). Fernandinho, se conseguir recuperação de um entorse no tornozelo direito, também irá atuar. Bolaños, de boa atuação contra o Caxias, também será analisado.

"A derrota não muda nada. Início de temporada usar a mesma equipe, não vamos ter os jogadores em condições", finalizou Portaluppi. "Não podemos exigir do grupo o que apresentamos no fim do ano passado. Aos pouquinhos vamos se acertando. O futebol te dá as oportunidades, para quem sai jogando, para quem entra. Por mérito, o time merecia ser o mesmo. Agora, a cada oportunidade tem que se ajudar. Ninguém tem cadeira cativa no time", acrescentou.

O Grêmio se reapresenta na tarde desta segunda-feira (6).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber