Mais lidas
Esportes

Ábila faz dois gols e garante vitória de time misto do Cruzeiro no Mineiro

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Com uma escalação repleta de reservas, o Cruzeiro venceu o Tricordiano, por 2 a 1, na tarde deste domingo (5), pela segunda rodada do Campeonato Mineiro, no Mineirão. Os comandados de Mano Menezes abriram o placar com Ramón Ábila, mas cederam o empate ao time interiorano. Carrara fez para a equipe de Edinho. O argentino voltou a marcar, em condição irregular, e deu o triunfo para o time de Belo Horizonte.

Com o resultado, a Raposa se mantém invicta na temporada – já venceu Villa Nova pelo Estadual e o Atlético-MG pela Primeira Liga – e divide a liderança do torneio regional com o arquirrival.

O MELHOR: RAFINHA

De volta à equipe, o meia-atacante foi escalado pelo lado esquerdo e tramou boas jogadas pelo setor. Ele foi o responsável, inclusive, por criar a jogada que terminou em gol de Ramón Ábila. Além disso, o jogador fez muito bem o papel defensivo, ao acompanhar os homens de frente do adversário na chegada ao ataque.

DESENCANTA

O centroavante não balançava a rede pelo Cruzeiro desde 19 de outubro do ano passado, quando os mineiros venceram o Corinthians, por 4 a 2, no Mineirão. Na ocasião, ele marcou em duas oportunidades. Desde então, foram nove jogos sem balançar as redes (sete em 2016 e dois na atual temporada). Neste domingo, ele aproveitou cruzamento de Rafinha para estufar a rede de Marcão. Nos minutos finais, aproveitou lançamento de Bryan para encobrir o goleiro adversário.

MAYKE

Titular na vaga de Ezequiel, na tarde deste domingo (5), Mayke não entrava em campo desde 29 de junho de 2016. Na ocasião, o lateral direito atuou como titular do time mineiro diante da Chapecoense, na Arena Condá. Ele permaneceu em campo por 45 minutos e foi substituído no intervalo. "Depois de muitos meses fora dos gramados, eu fico muito feliz de ter voltado. Emocionado por ter entrado com meu filho pela primeira vez no campo. Fico muito feliz", disse o atleta.

CORREÇÃO

Escalado como segundo volante, ao lado de Hudson, o argentino cometeu alguns erros na primeira etapa e, durante o intervalo, teve que ser orientado pelo auxiliar técnico Sidnei Lobo. O assistente de Mano Menezes deu alguns conselhos ao gringo durante a conversa no vestiário e também no retorno ao gramado.

FILHO DO REI

Um dos herdeiros de Pelé é quem comanda o Tricordiano na atual temporada. Edinho, ex-goleiro de Santos e Ponte Preta, é o treinador do time interiorano em 2017. Em sua curta carreira como técnico, ele passou por Mogi Mirim e Águia Santa. O filho do Rei do Futebol é nascido em Santos, mas tem boa oportunidade de fazer sucesso na cidade natal do pai.

BANCO DO TRICORDIANO

Dois jogadores que saíram do banco de reservas – Vieira e Carrara – foram preponderantes para o gol do time de Três Corações no Mineirão. Em vacilo da defesa do Cruzeiro, o atacante Vieira lançou Carrara. O jogador acionado por Edinho não se intimidou com a saída de Rafael e mandou para o fundo da rede, alegrando a pequena torcida do Tricordiano que compareceu ao Gigante da Pampulha.

ANSIEDADE?

Arrascaeta ficou no banco de reservas do Cruzeiro na tarde deste domingo (5) por opção de Mano Menezes. O curioso é que, quando foi chamado pelo técnico para adentrar o gramado, ele já correu para assinar a súmula. Contudo, não soube informar ao quarto árbitro quem seria o escolhido para deixar o campo. O uruguaio teve que voltar ao banco do Cruzeiro para questionar o técnico gaúcho. Já no gramado, ele completou a 100ª partida pelo clube. O jogador foi contratado em janeiro de 2015 junto ao Defensor Sporting e inicia a sua terceira temporada na Toca da Raposa II.

GOL IRREGULAR

Ramón Ábila balançou a rede do Tricordiano duas vezes. O segundo tento do atacante foi irregular. Impedido após chute de Bryan, o gringo conseguiu dominar na grande área e encobriu o goleiro Marcão. O assistente Márcio Eustáquio Souza Santiago (MG) é quem se equivocou no lance que garantiu o gol do Cruzeiro.

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG) Árbitro: Antônio Marcio Teixeira da Silva (MG)

Gols: Ramón Ábila – 19'/1ºT (1-0); Carrara – 27'/2ºT (1-1); Ramón Ábila – 42'/2ºT (2-1)

Cartões amarelo: Robinho (Cruzeiro); Luis Felipe (Tricordiano)

CRUZEIRO

Rafael; Mayke, Léo, Kunty Caicedo e Bryan; Hudson (Alisson), Lucas Romero, Raniel (Robinho) e Élber (Arrascaeta); Rafinha e Ramón Ábila. Técnico: Mano Menezes.

TRICORDIANO

Marcão; Marcelo Tchê, Wescley, Augusto e Renan Luís; Rodrigo Paulista, Léo Bartholo e Luis Felipe; Léo Cordeiro (Rivaldo), Dinélson (Carrara) e Rodriguinho (Vieira). Técnico: Edinho.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber