Esportes

Crefisa oferece R$ 140 milhões ao Palmeiras

.

GUILHERME SETO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um dia após a festa de apresentação de sua candidatura ao conselho deliberativo do Palmeiras, Leila Pereira, presidente da Crefisa e da Faculdade das Américas, se reuniu nesta quinta-feira (2) com o presidente do clube, Maurício Galiotte, para acertar o acordo de renovação do contrato com o clube.

Além dos dois, o ex-presidente Mustafá Contursi, chefe da chapa pela qual Leila tenta se eleger conselheira do clube, também esteve presente no encontro em um restaurante da capital paulista.

A patrocinadora oferece um contrato de duas temporadas pagando R$ 80 milhões por ano para expor a marca da Crefisa e da FAM no uniforme do clube. Até 2016, a empresa pagou R$ 66 milhões anuais pelo acordo.

Além do valor fixo, a Crefisa já deu R$ 31 milhões ao clube para reforços em 2017. Com premiações em caso de títulos, o valor total destinado ao Palmeiras poderá chegar a até R$ 140 mi no primeiro ano.

"O contrato será renovado independentemente do resultado da eleição [para o conselho]. Te garanto que o valor não vai ser inferior ao que é hoje. Mas vocês têm que contar que a Crefisa deu seis jogadores ao Palmeiras", afirmou Leila,na quarta (1º).

"Esses jogadores não pertencem à Crefisa, pertencem ao Palmeiras. Nós compramos e demos para o Palmeiras", completou.

A reunião se encerrou no final da tarde e deixou como pendência os detalhes sobre as bonificações por títulos conquistados. O contrato deve ser assinado em breve.