Esportes

Alisson cita vitória com cara de Cruzeiro e critica juiz por "meter a mão"

.

ENRICO BRUNO, THIAGO FERNANDES E VICTOR MARTINS

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - O atacante Alisson saiu satisfeito com o desempenho do Cruzeiro na vitória por 1 a 0 diante do rival Atlético-MG, na noite desta quarta-feira (1º) pela Primeira Liga. Na saída do campo, o jogador destacou o domínio celeste no jogo e os poucos momentos de perigo oferecidos ao goleiro Rafael. Porém, Alisson não deixou de alfinetar a arbitragem de Wanderson Alves de Souza, que expulsou Robinho no segundo tempo e gerou muita reclamação dos cruzeirenses no final da partida.

"Não me lembro [de lances de perigo do Atlético-MG], conseguimos fazer o que o Mano nos pediu em poucos dias. Essa é a cara do Cruzeiro. Temos muito a evoluir, mas estamos de parabéns, mesmo com a arbitragem querendo meter a mão (risos)", brincou o atacante.

Na noite desta quarta-feira, Cruzeiro e Atlético voltaram a fazer o clássico mineiro com as torcidas divididas. A última vez que isso aconteceu foi em 2013, na reinauguração do Mineirão. A experiência na Primeira Liga, porém, não é garantia de continuidade para os próximos confrontos, seja pelo estadual ou Brasileirão.

"Tomara que esse espetáculo seja dentro e fora de campo, para que aconteça também outras várias vezes. Para nós jogadores é maravilhoso. Entrei em 2013 e joguei com as torcidas 50 a 50%. As torcidas estão de parabéns", acrescentou o atacante.