Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Santos bate time marroquino com dois de Vitor Bueno e golaço de reforço

.

JOSÉ EDUARDO MARTINS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Santos aproveitou a fragilidade do Kénitra, do Marrocos, para fazer uma festa no Pacaembu, neste sábado. O time venceu o jogo amistoso por 5 a 1, com direito a dois gols de Vitor Bueno e um golaço do recém-contratado Vladimir Hernández.

O primeiro gol do jogo só saiu aos 30 minutos. O Santos controlou a posse de bola e desperdiçou chances até Rodrigão abrir o placar de cabeça. Logo depois, Vitor Bueno ampliou, pegando uma sobra na área.

Dorival resolveu começar o segundo tempo com a mesma equipe, o que diminuiu o ritmo. O time inteiro começou a ser trocado a partir dos 16 minutos do segundo tempo, o que a princípio não funcionou bem. Isso porque aos 24 minutos, Chibi deu uma "caneta" em Thiago Ribeiro e cruzou na medida para Hamza Gatthass marcar, de cabeça.

Na sequência, apareceu o recém-contratado Vladimir Hernández, que também marcou um golaço para o Santos: sozinho na área, ele levantou a bola e marcou de bicicleta. Depois ele deu uma assistência para Thiago Ribeiro também marcar, aos 37 minutos.

No primeiro tempo, o técnico Dorival Júnior preferiu apostar em quem já conhecia e poupou os contratados para esta temporada. O lateral direito Matheus Ribeiro, os atacantes Kayke, Thiago Ribeiro (que estava emprestado ao Bahia) e Vladimir Hernández ficaram no banco de reservas. No decorrer da segunda etapa, o treinador promoveu mudanças na formação e deu chance para o quarteto mostrar serviço. Hernández e Thiago Ribeiro fizeram um gol cada. Já o zagueiro Cleber, o volante Leandro Donizete e o atacante Bruno Henrique foram poupados.

O jogo era amistoso, porém os jogadores do Kenitra não quiseram aliviar na hora de dividir a bola com os santistas. Em ritmo de partida de campeonato, eles assustaram os alvinegros em alguns momentos. "É normal, a gente tinha essa informação de que eles jogariam assim. Por isso, o importante era fazer a bola correr para evitar as faltas", disse o meia Lucas Lima.

O Kénitra mostrou muitas limitações em campo e deixou claro por que é o último colocado no Campeonato Marroquino, com 12 pontos em 15 jogos.

DORIA DIVIDIU A TORCIDA

O prefeito de São Paulo, João Doria Júnior, esteve no Pacaembu neste sábado para prestigiar o seu time do coração, o Santos. Durante o intervalo, o político tentou levantar a torcida. Ao receber o microfone das mãos do cantor Chitãozinho, que também torce para o time, ele dividiu opiniões. "Esse é o ano do Peixe. Quem acha que é o ano do Peixe levanta o braço", bradou Dória, que com a camisa do Santos, recebeu aplausos e vaias dos torcedores.

NOVO UNIFORME

Antes da bola rolar, o Santos fez um evento no salão nobre do Pacaembu para exibir o novo uniforme do time para 2017. O material, fornecido pela Kappa, é bem parecido com o utilizado em 2016 e mantém as cores tradicionais do alvinegro praiano. As mudanças estão apenas na gola, na fonte dos números e no patrocinador principal. Durante o intervalo do jogo, o Santos esticou no gramado do Pacaembu o que eles chamaram de "maior bandeirão do mundo". Ele tem 105 metros por 68 metros, tem o escudo do clube e duas faixas pretas.

Agora o Santos vai se preparar para seu primeiro jogo oficial em 2017, que será a abertura do Campeonato Paulista. O time enfrentará o Linense na sexta-feira, às 21h, na Vila Belmiro.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber