Esportes

Corinthians vence, afunda o São Paulo e encosta no Flu

Da Redação ·
Corinthians vence, afunda o São Paulo e encosta no Flu
fonte: diario.esporteinterativo.terra.com.br/imagem ilustrativa
Corinthians vence, afunda o São Paulo e encosta no Flu

Com inesperada facilidade, o Corinthians venceu o clássico deste domingo, no Pacaembu, ao aplicar 3 a 0 no São Paulo, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com dois gols de Elias e um de Jucilei, o time de Adilson Batista somou mais três pontos e reduziu a diferença para o líder Fluminense.

continua após publicidade

O Corinthians tem agora 31 pontos, dois a menos que o time carioca. O líder do campeonato empatou por 2 a 2 com o Vasco, no Maracanã, e perdeu a chance de manter a vantagem de quatro pontos sobre a equipe paulista.

continua após publicidade

O São Paulo, que novamente mostrou um futebol apagado, aumentou a série sem vitórias sobre o rival - soma 10 jogos. Com o revés, o time do interino Baresi caiu para a 15.ª colocação e estacionou nos 17 pontos, apenas dois a mais que o Grêmio, o melhor classificado entre as equipes da zona do rebaixamento.

continua após publicidade

O clássico deste domingo foi marcado pelo amplo domínio do Corinthians. Os primeiros minutos foram de intensa pressão sobre a zaga do São Paulo. No entanto, o time só chutou uma vez ao gol até os 20 minutos, em jogada de William. Um pouco desequilibrado na área, o zagueiro exigiu grande defesa de Rogério Ceni.

Mas o time não desperdiçou sua segunda chance no ataque. Após boa tabela no ataque, Elias recebeu passe de Bruno César, na entrada da área, e mandou no canto esquerdo do goleiro são-paulino, aos 21.

continua após publicidade

O gol acordou o São Paulo, que passou a ter maior presença no ataque. O time dava passes em demasia, sem concluir na meta de Júlio César. As ameaças se resumiam a levantamentos na área em busca de Fernandão e Ricardo Oliveira.

continua após publicidade

Recuado, o Corinthians se defendia com tranquilidade, à espera dos contra-ataques. E, dessa forma, ampliou o placar antes do intervalo. Aos 44 minutos, Bruno César fez grande passe na área para Jorge Henrique, que entrou bem nas costas de Junior Cesar para cruzar rasteiro e aproveitar a entrada de Elias, que só completou para o gol.

continua após publicidade

O São Paulo voltou mais aguerrido no segundo tempo, mas ainda sofrendo com a instabilidade da zaga. Nem mesmo a entrada de Richarlyson, no intervalo, conseguiu dar tranquilidade ao time de Baresi.

Com vantagem confortável no placar, o Corinthians tratou de diminuir o ritmo, apenas administrando o resultado. E, mesmo em ritmo lento, a equipe mandante conseguiu chegar ao terceiro. Aos 25, após batida curta de escanteio, Jorge Henrique levantou na área para Jucilei cabecear firme e balançar as redes.

continua após publicidade

O terceiro gol foi um balde de água fria no São Paulo, que seguiu pressionando, mas esteve sempre mais perto de tomar o quarto em um contra-ataque do que diminuir o prejuízo. Motivados pelos gritos de olé, os jogadores do Corinthians souberam conduzir a vitória sem sobressaltos, sob os olhares de Mano Menezes, atual técnico da seleção brasileira, nas tribunas do Pacaembu.

continua após publicidade

Na próxima rodada, o Corinthians enfrentará o Cruzeiro, no Estádio João Havelange, em Uberlândia, na quarta-feira. O São Paulo vai buscar a reabilitação no campeonato diante do Vasco, no Morumbi, no mesmo dia.

continua após publicidade

Ficha Técnica:

Corinthians 3 x 0 São Paulo

continua após publicidade

Corinthians - Júlio César, Alessandro, Chicão, William, Roberto Carlos (Edu), Ralf, Elias (Paulinho), Jucilei, Bruno César, Jorge Henrique e Iarley (Souza). Técnico: Adilson Batista.

continua após publicidade

São Paulo - Rogério Ceni, Jean, Xandão, Miranda , Junior Cesar (Sérgio Mota), Casemiro, Rodrigo Souto (Richarlyson), Cléber Santana, Marlos (Marcelinho), Fernandão e Ricardo Oliveira. Técnico: Sérgio Baresi (interino).

continua após publicidade

Gols - Elias, aos 21 e aos 44 minutos do primeiro tempo. Jucilei, aos 25 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Jucilei (Corinthians); Miranda (São Paulo).

Árbitro - Wilson Luiz Seneme.

Renda - R$ 848.207,00.

Público - 28.159 pagantes (30.632 no total).

Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).