Esportes

Manoel marca e Atlético-PR bate Flamengo em Curitiba

Da Redação ·
O Flamengo tinha maior posse de bola
fonte: PBagora
O Flamengo tinha maior posse de bola

No duelo de rubro-negros, o Atlético Paranaense manteve o tabu de não perder para o Flamengo em Curitiba há 36 anos e levou a melhor sobre o time carioca ao vencer por 1 a 0, com um gol do zagueiro Manoel, aos 37 minutos da etapa final. O resultado deixou o time da casa com 17 pontos, enquanto o adversário estacionou nos 20.

continua após publicidade

O jogo foi bastante equilibrado, com alternâncias de domínio de campo. Nos primeiros 20 minutos o Flamengo tinha maior posse de bola e o meia Petkovic armava as jogadas com liberdade. Aos 16, ele deixou Val Baiano na frente do gol, mas o zagueiro Manoel salvou no momento do chute.

continua após publicidade

Empurrado pela torcida, o Atlético equilibrou o confronto e Maykon Leite acertou o travessão aos 37 minutos. O lance deu mas confiança à equipe e, aos 43, Paulo Baier perdeu um gol após a receber a bola dentro da pequena área.

continua após publicidade

No segundo tempo, Carpegiani trocou Marcelo por Branquinho e a alteração deu certo. O time da casa ganhou mais mobilidade, mas seguia sofrendo no setor defensivo. Aos 3 minutos, o goleiro Neto praticou uma difícil defesa em cabeçada de Angelim.

A partida caminhava para o empate sem gols até que, aos 37 minutos, Paulo Baier cobrou um escanteio com perfeição e Manoel se antecipou à zaga flamenguista para marcar de cabeça o gol da vitória.

continua após publicidade

Para Paulo Baier, o gol foi resultado do entrosamento da equipe. "Fico feliz, o Manoel já sabia que eu iria erguer a bola e ele foi bem. E conseguimos a vitória", afirmou o meio-campista.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA:

continua após publicidade

Atlético-PR 1 X 0 Flamengo

continua após publicidade

Atlético-PR - Neto; Wagner Diniz, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Chico, Olberdam (Bruno Costa), Paulo Baier; Marcelo (Branquinho), Maykon Leite e Bruno Mineiro (Deivid). Técnico: Paulo Cesar Carpegiani.

continua após publicidade

Flamengo - Marcelo Lomba; Léo Moura, Jean, Roaldo Angelim e Juan; Corrêa, Willians, Renato Abreu e Petkovic (Kleberson); Leandro Amaral (Vinícius Pacheco) e Val Baiano (Christian Borja). Técnico: Rogério Lourenço.

Gol: Manoel, aos 37 minutos do segundo tempo.

continua após publicidade

Cartões amarelos: Willians, Paulo Baier, Christian Borja e Bruno Mineiro.

Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS).

Público: 23.010 (21.734 pagantes).

Renda: R$ 414.340,00.

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).