Mais lidas
Esportes

Time voltou dos EUA, mas Carlinhos e mais 2 continuam fora do foco de Ceni

.

JOSÉ EDUARDO MARTINS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Depois de fazer parte da pré-temporada nos Estados Unidos e de conquistar a Florida Cup, o São Paulo se reapresenta nesta quarta-feira (25), no CT da Barra Funda. Porém, nem todos os jogadores do elenco vão trabalhar com o técnico Rogério Ceni.

Carlinhos, Daniel e Robson, que estavam fora da lista do treinador para o torneio amistoso no exterior, devem seguir a programação de maneira separada do restante da equipe. Ainda não foi definida qual será a planilha, mas os jogadores deverão fazer suas atividades em horários diferentes do elenco principal.

A rotina dos três já é diferente desde o início deste mês. Enquanto a maior parte dos jogadores começou a trabalhar no dia 4, eles tiveram de se reapresentar no dia 11, no CT, após cumprirem o período de férias. No CT, eles mesclaram o trabalho físico no Reffis e com atividades no campo.

Com contrato até dezembro deste ano, Carlinhos deve ser negociado com alguma equipe. O jogador, de 30 anos, até chegou a ter o seu nome especulado no Fluminense e no Internacional, mas as negociações não se tornaram realidade. Nos dois primeiros anos no São Paulo, ele sofreu com um grande número de lesões, disputou 62 jogos, marcou dois gols e virou alvo de críticas da torcida.

Já Robson e Daniel tiveram poucas oportunidades de mostrar serviço. Aos 25 anos e contratado em setembro do ano passado, o atacante, que vínculo até o fim do Campeonato Paulista, entrou em campo sete vezes. Ele chegou a ser sondado pelo Bahia, mas não fechou um acordo.

O meia Daniel, de 23 anos, ficou muito perto de acertar com a Chapecoense, mas a transação não se concretizou. O Coritiba também mostrou interesse pelo jogador, que está no São Paulo desde 2015 e atuou em 16 partidas. Daniel tem contrato com o clube até o fim deste ano.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber