Esportes

Botafogo derrota Avaí e sobe para terceiro lugar

Da Redação ·
O Botafogo jogou o suficiente para vencer o Avaí por 1 a 0
fonte: Agências
O Botafogo jogou o suficiente para vencer o Avaí por 1 a 0

Diante do técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, que foi ao Estádio Engenhão na noite de sábado (21), o Botafogo jogou o suficiente para vencer o Avaí por 1 a 0. Assim, o time carioca somou a quarta vitória seguida e subiu para o terceiro lugar no Brasileirão.

continua após publicidade

O clima no estádio botafoguense foi de festa, com mais de 35 mil torcedores cantando e pulando nas cadeiras e arquibancadas. Assim, o Botafogo chegou aos 24 pontos e ultrapassou o próprio Avaí, que ficou parado nos 22 pontos e caiu da terceira para a quinta posição.

continua após publicidade

Pouco antes do início da partida, o ex-jogador Jairzinho, campeão mundial na Copa de 1970, recebeu uma homenagem do Botafogo. Foi erguida uma estátua de bronze na entrada do estádio com a imagem do ídolo comemorando um gol, como tantos que ele fez com a camisa botafoguense.

continua após publicidade

Em campo, os dois times de melhor ataque no Brasileirão prometiam um jogo ofensivo, apesar de o Avaí ter viajado ao Rio sem oito titulares - o time está disputando a Copa Sul-Americana, no meio da semana eliminou o Santos e alguns atletas foram poupados.

A partida foi truncada, notadamente no primeiro tempo, com muita marcação e excesso de erros de passes. O gol do Botafogo surgiu após uma cobrança de falta de Maicosuel. O zagueiro Fábio Ferreira cabeceou com firmeza, aos 32 minutos, e o goleiro Renan não esboçou reação.

continua após publicidade

Depois do intervalo, o Avaí voltou com mais disposição, mas, com um time desentrosado, não conseguiu o empate. Ainda assim, o goleiro Jefferson se destacou com duas grandes defesas, garantindo a vitória do Botafogo, para alegria dos torcedores que lotaram o Engenhão.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA:

continua após publicidade

Botafogo 1 x 0 Avaí

Botafogo - Jefferson; Antonio Carlos, Leandro Guerreiro e Fábio Ferreira; Somália, Marcelo Mattos, Renato Cajá (Caio), Maicosuel (Loco Abreu) e Marcelo Cordeiro; Herrera (Edno) e Jobson. Técnico - Joel Santana.

continua após publicidade

Avaí - Renan; Marcos, Gabriel, Emerson e Pará; Diogo Orlando, Batista, Bruno Silva e Leandro Bonfim (Sávio); Vandinho (Leonardo) e Cristian (Válber). Técnico - Antonio Lopes.

continua após publicidade

Gol - Fábio Ferreira, aos 32 minutos do primeiro tempo.

Árbitro - Nielson Nogueira Dias (PE)

Cartão amarelo - Jobson, Marcelo Mattos, Emerson, Bruno Silva e Leandro Bonfim.

Renda - R$ 821.830,00.

Público - 35.518 pessoas.

Local - Estádio Engenhão, no Rio.