Esportes

Cielo projeta mais 2 ouros após surpreender em Irvine

Da Redação ·

Depois de surpreender com a conquista da medalha de ouro nos 50 metros borboleta do Pan-Pacífico de Irvine (EUA), na última quarta-feira à noite, o nadador brasileiro Cesar Cielo destacou que o resultado o deixou ainda mais confiante para subir ao topo do pódio mais duas vezes na competição, nas provas em que é especialista e favorito.

continua após publicidade

Nesta quinta-feira, a partir das 14 horas (de Brasília), o nadador participa das eliminatórias dos 100 metros livre, prova em que ostenta o recorde mundial. Nos 50 metros borboleta, ele venceu ao estabelecer a melhor marca do mundo no ano e o recorde do campeonato ao cravar o tempo de 23s03. Para completar, viu o seu compatriota Nicholas dos Santos ganhar a medalha de prata na prova.

continua após publicidade

"Estou muito contente com esse resultado. É um bom primeiro passo para esse campeonato. Ainda tem os 50m e 100m livre e espero conquistar mais duas medalhas de ouro na competição. Começar com uma dobradinha foi muito bom pra mim e pra ele, mas principalmente para o grupo ver que a gente pode nadar rápido e levar muitas medalhas para o Brasil", ressaltou Cielo, que já prevê um bom desempenho do País na natação na Olimpíada de 2012.

continua após publicidade

"Os Jogos Olímpicos de Londres vêm aí e esse grupo de nadadores tem tudo para entrar para a história da natação do País como o mais vitorioso", enfatizou Cielo, que admitiu ter se surpreendido com o próprio desempenho na quarta-feira. "Foi uma surpresa levar o ouro e ainda com o melhor tempo do ano no ranking".

Nicholas dos Santos, por sua vez, lembrou que foi superado pelo nadador mais rápido da atualidade, fato que o fez valorizar ainda mais a medalha de prata que ganhou. "Fiquei muito feliz. Essa dobradinha valeu a pena. É melhor perder pro Cesar do que pros gringos", brincou o nadador, que cravou a expressiva marca de 23s33 mesmo sem contar com o auxílio dos supermaiôs tecnológicos que foram banidos pela Federação Internacional de Natação (Fina) recentemente. "Foi bom ter feito esse tempo", disse.