Esportes

Manchester City atinge US$ 230 milhões em reforços

Da Redação ·

O Manchester City anunciou nesta quarta-feira a contratação do meio-campista James Milner, que foi titular da seleção inglesa na Copa do Mundo na África do Sul. Com isso, o milionário clube inglês atinge a marca de US$ 230 milhões investidos em reforços para a temporada 2010/2011, depois dos acertos com Yaya Toure, David Silva, Jerome Boateng, Aleksandar Kolarov e Mario Balotelli.

continua após publicidade

Com o dinheiro do xeque Sheikh Mansour bin Zayed Al Nahyan, que comprou o clube há dois anos, o Manchester City se tornou o maior comprador do futebol mundial. Assim, espera se tornar uma das forças do futebol inglês, ao lado de Manchester United, Chelsea, Arsenal e Liverpool - na última temporada, no entanto, terminou o campeonato nacional na quinta colocação, bem longe do título.

continua após publicidade

Por isso mesmo, o Manchester City investiu alto em reforços para a nova temporada. O último a chegar foi Milner, que tem 24 anos e assinou compromisso de cinco anos - segundo a direção, mais nenhum outro jogador será comprado nesta janela. Para contratá-lo, o clube desembolsou cerca de US$ 40 milhões, sendo que parte do pagamento foi a ida do meio-campista Ireland para o Aston Villa.

"Estou muito feliz por ter James conosco. Estávamos querendo contratá-lo há algum tempo. É um excelente meio-campista, que pode jogar em várias posições", elogiou o técnico do Manchester City, o italiano Roberto Mancini. "Estou aqui para buscar o título. Acredito que vamos conseguir. De preferência, que seja o mais rápido possível", avisou Milner, empolgado com a nova fase em sua carreira.