Esportes

Retrospecto do Chivas fora de casa preocupa o Inter

Da Redação ·

Apesar da grande vantagem, após a vitória por 2 a 1 jogando no México, o Internacional está precavido e espera dificuldades para a partida de volta da decisão da Libertadores, diante do Chivas, nesta quarta-feira, no Beira-Rio. O principal motivo desta preocupação é o bom retrospecto recente do adversário atuando fora de casa. Nas semifinais, após um empate por 1 a 1 na Cidade do México, a equipe venceu o Universidad do Chile em Santiago, por 2 a 0, garantindo vaga na final.

continua após publicidade

"Todo mundo está atento, principalmente depois do que a gente viu no jogo do Chile, quando o Chivas conseguiu fazer 2 a 0 fora de casa. Sabemos que o time deles não está morto. Desde o final do jogo no México tomamos consciência de que precisaremos marcar forte, porque o Chivas tem qualidade", declarou o lateral Kleber.

continua após publicidade

Ainda de acordo com o jogador, os mexicanos deverão apresentar maior ofensividade na partida de volta, já que precisam reverter o placar. "A gente acredita que aqui o Chivas vai para cima desde o início. Esperamos uma partida mais difícil do que foi no México. O Chivas tem jogadores de qualidade, por isso precisamos enfrentá-los com o maior respeito. Se repetirmos aquilo que fizemos no México, as condições serão favoráveis para nós", avaliou.

Pensando na postura do adversário, o goleiro Renan também demonstrou preocupação com o ataque do Chivas. "No México conseguimos marcar bem as jogadas do Bravo e do Bautista. Agora temos que repetir essa receita e neutralizar esses dois jogadores. Também precisamos fazer o Chivas nos marcar, jogando, dessa maneira, em função da gente, assim como foi no México", comentou.