Esportes

Felipão diz que mudanças deram 'alma' ao Palmeiras

Da Redação ·

Depois de conquistar a primeira vitória em seu retorno ao Palmeiras, neste sábado, o técnico Luiz Felipe Scolari  enalteceu as mudanças que realizou para enfrentar o Atlético Paranaense, no Pacaembu.

continua após publicidade

Felipão, como havia prometido após a derrota para Vitória, mudou o esquema tático e sacou três jogadores: Pierre, Vítor e Ewerthon. Entraram, assim, Tinga, Fabrício e Luan, o que deixou a equipe atuando no 3-5-2.

continua após publicidade

"Era preciso sangue, espírito e alma, tinha de mostrar isto para a minha torcida", afirmou o técnico. "Contratei Tinga, Fabrício, Rivaldo e Luan, que não tiveram oportunidade de entrar jogando. Não havia tempo para treinar e, sem vencer, tínhamos de mudar. Eles mostraram raça, determinação e posicionamento, especialmente quando tivemos um jogador a menos."

Mas para o treinador, não é apenas o time que está precisando de raça. "O que a gente quer é que a torcida do Palmeiras seja mais ativa. Ela precisa participar mais do jogo porque somos nós que somos vibrantes. Eu nunca vi italiano que não vibra, não grita, não pede que o juiz encerre logo um jogo em um momento de pressão. É por isso que eu conto com a minha torcida", cobrou.