Esportes

Federer vence e enfrenta Murray na final em Toronto

Da Redação ·

O suíço Roger Federer está na decisão do Masters 1000 de Toronto. Neste sábado, o terceiro do mundo superou o sérvio Novak Djokovic por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 3/6 e 7/5, e enfrentará na final o britânico Andy Murray, que também neste sábado venceu o líder do ranking Rafael Nadal.

continua após publicidade

E no que depender do histórico entre os dois tenistas, a decisão de domingo tem tudo para ser muito disputada. Federer já enfrentou o britânico em 11 oportunidades, com seis vitórias para Murray, o atual campeão de Toronto.

continua após publicidade

Para superar o segundo tenista do ranking, Federer teve sua principal arma no saque. Foram 11 aces ao longo dos três sets, contra apenas um de Djokovic. O suíço ainda terminou o jogo com 111 pontos, nove a mais do que o sérvio.

Mas a partida entre os dois foi muito disputada. Depois do suíço vencer o primeiro set com tranquilidade, o sérvio se impôs na sequência e empatou o jogo. E na parcial decisiva, o confronto ficou ainda mais emocionante. Os tenistas sempre pressionaram o saque adversário, mas levaram a igualdade até o 5/5. Federer então confirmou e, no primeiro match point no 6/5, contou com um erro de Djokovic para fechar o jogo.