Esportes

Ex-campeão mundial dos 400m é achado morto nos EUA

Da Redação ·
  Shame: Antonio Pettigrew (l), Calvin and Alvin Harrison and Michael Johnson
fonte: Getty Images
Shame: Antonio Pettigrew (l), Calvin and Alvin Harrison and Michael Johnson

Campeão mundial dos 400 metros, em 1991, e medalhista de ouro na prova dos 4x400 metros nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, o norte-americano Antonio Pettigrew foi encontrado morto ontem (10), segundo informou a Universidade da Carolina do Norte, onde ele atuava como treinador de atletismo.

continua após publicidade

O porta-voz da universidade, Matt Bowers, afirmou que Pettigrew foi achado dentro do seu carro, mas não soube fornecer outros detalhes sobre o ocorrido, que está sendo investigado pela polícia local.

continua após publicidade

Pettigrew, de 42 anos, brilhou pela equipe dos Estados Unidos na prova dos 4x400 metros da Olimpíada de 2000, mas o Comitê Olímpico Internacional (COI) cassou a sua medalha de ouro dois anos depois, após o ex-corredor admitir que usou doping em meio a um processo que ele movia contra o seu ex-treinador, Trevor Graham.

Em um comunicado, o diretor da escola de atletismo da universidade, Dick Baddour, lamentou o ocorrido. "Eu era particularmente impressionado com o relacionamento que ele tinha com nossos atletas-estudantes e o orgulho que ele tinha em representar a Universidade da Carolina do Norte", afirmou Baddour, ressaltando que ficou "profundamente entristecido" com a morte do ex-atleta e treinador.