Esportes

Amuleto Giuliano é aposta de Celso Roth no México

Da Redação ·
 Atleta marcou gols decisivos contra Estudiantes e São Paulo
fonte: Marcel Rizzo
Atleta marcou gols decisivos contra Estudiantes e São Paulo

Celso Roth treinou com Giuliano entre os titulares no último trabalho antes de embarcar para o México. O garoto de 20 anos é o mais cotado para ocupar o lugar de Tinga, que não poderá enfrentar o Chivas Guadalajara na quarta-feira, no primeiro jogo da decisão da Libertadores.

A opção talvez seja mais por superstição, apesar de Roth garantir que não tem crenças, do que por imaginar que Giuliano seja mais ofensivo do que Andrezinho, que jogou na vaga de Tinga na primeira partida da semifinal, contra o São Paulo, em Porto Alegre. Giuliano, mesmo reserva, é o herói do Inter na competição.

continua após publicidade

“Estou com essa sorte, é verdade. Não imaginava que apenas com dois anos de profissional seria decisivo em uma Libertadores, campeonato que todo garoto vê pela TV e sonha em jogar “, disse Giuliano.

Foram quatro gols, três deles decisivos. Na primeira fase, o Inter vencia o Deportivo Quito por 2 a 0, no Beira Rio, o que o faria cruzar com o Cruzeiro nas oitavas de final, um confronto brasileiro indigesto. Giuliano entrou, marcou o terceiro e fez os gaúchos enfrentarem o argentino Banfield, confronto que se mostrou mais fácil.

continua após publicidade

Nas quartas de final, o Inter estava sendo eliminado pelo Estudiantes, na Argentina, quando Giuliano marcou aos 46 minutos do segundo tempo. A derrota por 2 a 1 classificou o Internacional por ter marcado um gol na casa do adversário.

“Foi o gol mais importante, pelo tempo e por ter garantido a classificação. Contra o São Paulo, iniciou o caminho da vaga”, disse ao iG Giuliano, depois do treino quer o Inter fez em Guadalajara.

Na semifinal, contra o São Paulo, o garoto iniciou a classificação com o gol feito no Beira-Rio, na primeira partida. O jogo estava complicado, o ataque perdia muitos gols, e Giuliano teve que entrar para concluir o gol que garantiu a vitória.

continua após publicidade

“Quem sabe o gol mais importante ainda está por vir”, disse o jogador que nasceu em Curitiba, iniciou a carreira no Paraná Clube e faz parte de uma geração de paranistas talentosos, como Everton, negociado com o Flamengo na mesma época que Giuliano foi ao Inter.

No final do ano passado, o clube gaúcho desembolsou R$ 8 milhões para comprar os 50% que a empresa Traffic detinha dos direitos econômicos do atleta. “Sabíamos que ele teria uma valorização enorme”, disse o vice de futebol Fernando Carvalho. Agora, se Giuliano for vendido, o Inter recebe 100%.