Mais lidas
Esportes

Porto diz que zagueiro emprestado ao São Paulo terá que voltar em junho

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente do Porto (POR), Jorge Nuno Pinto da Costa, afirmou nesta quarta-feira (24) que o zagueiro Maicon, que fez sua estreia com a camisa tricolor na vitória por 2 a 0 sobre o Novorizontino, terá que retornar à equipe portuguesa no fim de junho, quando se encerra o contrato de empréstimo do jogador.
Em sua apresentação, Maicon havia afirmado que pretendia jogar no São Paulo até o final da temporada.
"Há uma coisa que é certa: ficar lá até ao final do ano, isso não fica, porque foi acordado que em 30 de junho tem que se apresentar aqui", afirmou Costa.
A data é anterior a eventuais partidas de semi e final da Libertadores, que serão disputadas apenas após o final da Copa América Centenário, que se encerra em 26 de junho.
SEM CLIMA
O zagueiro foi contratado pelo São Paulo junto ao Porto, onde se destacou e chegou ao posto de capitão. Pelo time português foram 190 partidas e sete títulos -entre eles uma Liga Europa e três campeonatos portugueses.
Após ele ter sentido lesão na coxa esquerda e deixado uma partida, familiares do jogador criticaram o departamento médico do clube português. Com o afastamento, surgiu a oportunidade de o São Paulo trazê-lo por pouco mais de quatro meses.
"A gente sentiu que depois daquele jogo ele não tinha condições para continuar a vestir a camisa do Porto. Apareceu o São Paulo e entendemos que era a melhor solução para o jogador poder reiniciar a carreira e a melhor solução para o Porto. Pode regressar? Sim, até porque tem contrato de três anos", disse o presidente do clube português.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber