Esportes

Investigado, Aidar aparece em reunião do conselho do São Paulo

.

ADRIANO MANEO E CAMILA MATTOSO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ex-presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar apareceu nesta terça-feira (23) na reunião do conselho do clube. O dirigente renunciou ao cargo em 13 de outubro do ano passado, em meio a acusações de desvio de dinheiro.
O encontro deve definir com quem o clube fechará acordo pelos direitos de transmissão das suas partidas a partir de 2019.
Após a saída de Aidar, o Comitê de Ética do Morumbi instaurou uma investigação para apurar as denúncias. O órgão tenta juntar informações sobre o que aconteceu na briga entre ele e o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, em outubro.
O Ministério Público de São Paulo também deu início a um inquérito, ao ser procurado por conselheiros do clube, para apurar se houve lavagem de dinheiro na gestão anterior.
Além de Aidar, Douglas Swchartzmann, que foi vice de comunicação e marketing, esteve presente na reunião. Na gravação feita por Ataíde, em que Aidar teria oferecido parte de uma suposta comissão na negociação de um jogador, Swchartzmann também é citado.