Esportes

Organizadas do São Paulo são punidas por briga com torcedores comuns

.

CAMILA MATTOSO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As duas principais torcidas organizadas do São Paulo, a Dragões da Real e a Independente, foram punidas administrativamente pela Polícia Militar e não poderão entrar com nenhum material que as identifique por dois jogos.
A partida contra o Rio Claro, neste domingo (21), já contou para cumprir a sanção.
Segundo o comando da PM, integrantes das duas uniformizadas brigaram com torcedores comuns no duelo passado, válido pela Libertadores, contra o The Strongest e a corporação decidiu puni-las.
Por isso, na tarde deste domingo, nem bateria nem faixas entraram no Pacaembu.
"Receberam punição por parte do policiamento por terem provocado tumulto no último jogo, com agressões físicas", afirmou major Ricardo Xavier, da PM, em contato com a reportagem.
"As agressões foram das duas organizadas contra torcedores comuns que apoiavam o time. Eles estavam protestando enquanto os outros estavam declarando apoio e partiram para as agressões físicas. A PM teve que intervir. Não vamos aceitar esse tipo de conduta", completou.
Ainda segundo a Polícia, a punição serve para reeducar os torcedores.