Mais lidas
Esportes

Esta é a pior parte dos negócios, diz LeBron sobre saída de Varejão

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ala LeBron James lamentou a saída do ala-pivô Anderson Varejão do Cleveland Cavaliers.
Na quinta-feira (18), o brasileiro foi envolvido em uma negociação que o levou até o Portland Trail Blazers. Mais tarde, ele acabou dispensado e, neste momento, está sem time na NBA.
"Quando você perde um irmão, perde um companheiro de time, esta é a pior parte dos negócios", disse LeBron depois da vitória dos Cavaliers sobre o Chicago Bulls, por 106 a 95, em Cleveland.
Varejão chegou ao time de Cleveland em 2004/05. Desde então, ele se tornou um dos melhores amigos de LeBron. Foram oito temporadas juntos. Somente o ex-pivô Zydrunas Ilgauskas jogou mais tempo com o astro dos Cavaliers.
Até quinta, LeBron disse que ainda não tinha falado com o brasileiro.
"Aposto que há uma tonelada de pessoas querendo falar com ele agora. Eu vou deixar. Não gosto de chegar imediatamente. Vou deixar a temperatura abaixar um pouco. Nossa amizade não tem que ter uma mensagem de texto por trás disso", disse.
Agora, Varejão pode receber ofertas de qualquer franquia até sábado (20).
Caso nenhum time esteja disposto a arcar com seu salário -nesta temporada ele vai receber um total de US$ 9,7 milhões (R$ 39 milhões)-, o ala-pivô se tornará um agente livre e poderá negociar um novo contrato por outros valores.
No atual campeonato, Varejão não tem tido bons números. Está com uma média de apenas 2.6 pontos e 2.9 rebotes por jogo (suas piores marcas na carreira).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber