Esportes

Palmeiras e Corinthians empatam em jogo quente: 1 a 1

Da Redação ·
  O Palmeiras chegou aos 15 pontos e completou o quarto jogo seguido sem vitória
fonte: Google
O Palmeiras chegou aos 15 pontos e completou o quarto jogo seguido sem vitória

Num jogo quente e muito movimentado, Palmeiras e Corinthians empataram por 1 a 1 neste domingo, no Pacaembu. A julgar pela intensidade com que foi disputado o clássico, as equipes retomaram a tradicional rivalidade, que ficou de lado nos últimos tempos. O jogo teve ânimos acirrados, jogadas duras - foram nove cartões amarelos -, discussões e arbitragem polêmica de Paulo César de Oliveira, que validou um gol irregular do time de Parque São Jorge e anulou corretamente outros três do de Palestra Itália.

continua após publicidade

Com o resultado, o Corinthians, que estreou o técnico Adílson Batista, perdeu a liderança do Campeonato Brasileiro para o Fluminense - foi a 25 pontos, um a menos que os cariocas. O Palmeiras chegou aos 15 pontos e completou o quarto jogo seguido sem vitória - ainda não venceu depois do retorno de Luiz Felipe Scolari.

continua após publicidade

O clássico começou com o Corinthians se sentindo em casa, apesar de ser o visitante. O time de Adílson Batista controlou a bola e marcou sob pressão o rival, que não conseguia sair jogando. O domínio resultou num gol - ilegal - aos 21 minutos, quando Bruno César recebeu de Iarley pela direita e cruzou para Jorge Henrique, impedido, completar de letra.

continua após publicidade

A marcação corintiana afrouxou e o Palmeiras se soltou aos poucos, com Lincoln e Kléber, que levava a melhor na disputa com Chicão. A equipe já havia tido um gol de Lincoln corretamente anulado por impedimento quando, aos 33, o meia levantou para Kléber, que cabeceou livre e viu Julio Cesar fazer grande defesa. O rebote, no entanto, parou nos pés de Edinho, que só teve o trabalho de conferir o empate.

O segundo tempo começou igual, com Lincoln tendo ampla liberdade para criar as jogadas palmeirenses e a marcação corintiana completamente perdida. Logo aos 3, o camisa 99 levantou na área e Ewerthon marcou de cabeça, mas o gol foi invalidado por impedimento. No minuto seguinte, Lincoln deu para Kléber bater à direita de Julio Cesar.

continua após publicidade

Adílson Batista tentou dar mais volume de jogo ao Corinthians trocando Bruno César por Defederico. Com Jucilei mais à frente, o time reequilibrou as ações, apesar de ainda sentir o peso dos desfalques de Roberto Carlos e Dentinho, suspensos. O Palmeiras, mesmo sem Lincoln, substituído por Tinga, seguiu em cima, rondando o gol. Ewerthon marcou outra vez, e de novo Paulo César de Oliveira parou a jogada por impedimento. Foi só. Os dois goleiros não trabalharam e o placar se manteve até o final.

continua após publicidade

No próximo domingo, o Corinthians receberá o Flamengo, no Pacaembu, na revanche do confronto das oitavas de final da Copa Libertadores. Mas não terá Bruno César, suspenso com três cartões amarelos. No mesmo dia, o Palmeiras irá a Goiânia encarar o Goiás.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA:

Palmeiras 1 x 1 Corinthians

continua após publicidade

Palmeiras - Deola; Vítor, Danilo, Maurício Ramos (Edinho) e Armero; Pierre, Edinho, Márcio Araújo e Lincoln (Tinga); Ewerthon (Patrik) e Kléber. Técnico - Luiz Felipe Scolari.

continua após publicidade

Corinthians - Julio Cesar; Alessandro, Chicão, William e Leandro Castán; Ralf, Jucilei, Elias (Paulinho) e Bruno César (Defederico); Jorge Henrique e Iarley (Souza). Técnico - Adílson Batista.

continua após publicidade

Gols - Jorge Henrique, aos 21, e Edinho, aos 33 minutos do primeiro tempo.

Árbitro - Paulo César de Oliveira (Fifa-SP).

Cartões amarelos - Danilo, Chicão, Bruno César, William, Márcio Araújo, Alessandro, Armero, Leandro Castán, Jorge Henrique.

Renda - R$ 888.586,00.

Público - 24.491 pagantes.

Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).