Mais lidas
Esportes

Prefeitura rescinde contrato de obra do Centro Olímpico de Hipismo

.

ITALO NOGUEIRA
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A Prefeitura do Rio rescindiu nesta quinta-feira (21) o contrato com a Ibeg Engenharia para a reforma do Centro Olímpico de Deodoro. É o segundo acordo com a empreiteira que o município rompe em uma semana.
O distrato do acordo foi publicado numa edição extra do "Diário Oficial" do município. A empresa foi multada em R$ 10,6 milhões
No despacho, a prefeitura alega que a empresa não cumpria com as cláusulas contratuais, impedindo a conclusão da obra. A reforma do local de competição do hipismo é a mais atrasada para a Olimpíada, que começa em agosto.
A Ibeg é também líder do consórcio construtor do Centro Olímpico de Tênis, que teve o contrato rescindido há uma semana.
A empreiteira afirmou há uma semana que as obras do hipismo estavam atrasadas porque a prefeitura não entregou projetos executivos para dar intensidade às frentes de trabalho.
A Justiça havia concedido liminar à empresa impedindo qualquer sanção por parte da prefeitura em relação ao contrato do Centro de Hipismo.
Em audiência na última terça-feira (19), a prefeitura reconheceu atraso na entrega de projetos. Mas afirmou que a empresa atrasou frentes de obras que já tinham detalhamento disponível.
De acordo com o sistema financeiro do município, apenas um terço da reforma foi executado até o momento. A Empresa Olímpica Municipal (EOM) não informa a evolução física da obra por se tratar de uma reforma.
A EOM afirma que 90% das obras do Centro de Tênis já foram executadas. O município ainda não escolheu a empreiteira que será responsável por concluí-lo.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber