Esportes

Del Nero pede nova licença e indica aliado para presidência da CBF

.

MARCEL RIZZO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Durou dois dias o retorno de Marco Polo Del Nero à presidência da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).
Nesta quinta-feira (7), o dirigente pediu nova licença da presidência e desta vez indicou Antonio Carlos Nunes, um dos cinco vice-presidentes da entidade e seu aliado, para assumir interinamente.
O coronel Nunes, como é conhecido no mundo do futebol o presidente da Federação Paraense de Futebol, foi eleito em dezembro como vice-presidente.
Aos 79 anos, é o mais velho em idade no cargo e, portanto, sucessor direto de Del Nero caso o cartola deixe definitivamente a CBF.
Del Nero pede a nova licença novamente para preparar a sua defesa nas investigações do Departamento de Justiça dos Estados Unidos e na Fifa. Ele é acusado de corrupção.