Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

CBF derruba liminar e poderá fazer eleição para vice nesta quarta

.

SÉRGIO RANGEL
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A desembargadora Claudia Pires, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, concedeu na noite desta terça (15) decisão em favor da CBF que permite a realização da eleição para novo vice da entidade.
O eleito substituirá José Maria Marin, que está em prisão domiciliar nos EUA e na semana passada mandou uma carta pedindo renúncia à vice-presidência da CBF.
Na última sexta (11), o juiz Mario Cunha Olinto Filho, da 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca, havia suspendido a realização do pleito após um pedido do presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Peixoto, 74.
A eleição faz parte da estratégia de Marco Polo Del Nero para evitar a posse do catarinense, caso o mandatário licenciado renuncie.
Vice-presidente da CBF pela região sul, Peixoto é opositor de Del Nero e o primeiro na linha de sucessão da entidade. Pelo estatuto da CBF, o vice mais velho assume o comando em caso de renúncia.
No dia 3 de dezembro, o paulista foi acusado pelo FBI de fazer parte de um esquema de recebimento de propina na venda de direitos de competições no Brasil e no exterior. O Comitê de Ética da Fifa também investiga Del Nero.
Um dia depois de se licenciar da CBF, Del Nero lançou a candidatura do presidente da Federação Paraense de Futebol, Antônio Carlos Nunes, 77, conhecido como coronel Nunes, ao cargo de vice.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber