Esportes

Emerson Leão e dois jogadores do Goiás são punidos pelo presidente do STJD

Da Redação ·
 Emerson Leão
fonte: Google
Emerson Leão

Ainda sem ter data para julgamento, o processo sobre a briga entre jogadores do Goiás e um radialista, após o término da partida contra Vitória, válida pelo Campeonato Brasileiro, ganhou a sua primeira decisão na tarde de quarta-feira (28). O presidente do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), Rubens Approbato, aceitou o pedido da procuradoria e suspendeu preventivamente o técnico Emerson Leão, o atacante Rafael Moura e o meia Romerito por 30 dias. O caso ainda não tem data para ser julgado pelo tribunal. O período da suspensão abrange sete rodadas do Campeonato Brasileiro.

continua após publicidade

Para Approbato, os fatos ocorridos em Salvador não podem ficar impunes.

- Não se pode admitir que atletas, técnicos, dirigentes, se envolvam em atos, até de natureza penal, que serve para desmoralizar o emblema máximo brasileiro, sem que se aplique, desde logo, o corretivo permitido no Código, até como exemplo a ser dado aos que, no futuro, pudessem ter a ideia de impunidade pela prática de atos como os narrados.

continua após publicidade

Segundo o técnico, ele foi separar os jogadores do Goiás que reclamavam da arbitragem, mas foi cercado pelos jornalistas e começou a confusão.

Porém, o relato do árbitro da partida, Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa-RJ), foi diferente da alegação do treinador, já que, de acordo com ele, a confusão começou depois de o repórter Roque Santos acertar Emerson Leão com seu microfone.

- [...] Seguindo os jogadores citados [Rafael Moura e Romerito], o técnico do Goiás E. C, Emerson Leão, vinha também ao encontro do quarteto [de arbitragem], quando foi abordado pela imprensa presente. Neste momento, houve um desentendimento entre um repórter [Roque Santos] e o técnico citado [Leão], pois o primeiro, ao entrevistá-lo, acertou o microfone no rosto do técnico e este revidou com um soco.

Após a confusão ser controlada, uma nova briga começou, e o atacante Rafael Moura chegou a acertar um soco violento que derrubou Roque Santos.