Mais lidas
Esportes

Vasco pode repetir 2013 e ser rebaixado novamente jogando em Joinville

.

BRUNO BRAZ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Um filme passará na cabeça do torcedor vascaíno quando a bola rolar para Vasco e Joinville, no próximo domingo (22), às 17h, na Arena Joinville (SC), em jogo que pode decretar a queda do clube para a Série B. O local é exatamente o mesmo de quando o time carioca foi rebaixado em 2013, ao ser goleado pelo Atlético-PR por 5 a 1.
Para que o Vasco retorne à Segunda Divisão pela terceira vez, basta que empate ou seja derrotado e que Avaí e Figueirense vençam Fluminense e Chapecoense, respectivamente.
A hipótese de ser rebaixado no mesmo palco da queda de 2013, porém, não passa pela cabeça do técnico Jorginho, que mantém a esperança de permanência na Série A.
"Não penso nisso. Não vai ter rebaixamento. Não vai ter isso. Vamos lá, vencer o Joinville, depois vamos para cima do Santos e depois vamos enfrentar o Coritiba. Se eu lamentar e chorar o resultado, meu amigo, eu estou perdido. Não penso nisso".
Sempre com um discurso motivacional, o treinador espera por um jogo difícil diante do Joinville, mas tenta manter o otimismo mesmo com a situação cada vez mais delicada na tabela do Campeonato Brasileiro.
"Acreditar sempre. Será um jogo difícil, o campo lá, pelo que soube pelo meu telefone, vai estar pesado. Está chovendo direto lá. É jogo de coração. Vamos descansar ao máximo os jogadores que vão para o jogo. O objetivo é fazer um grande jogo lá e acreditarmos. Não mudou nada, continuamos acreditando e vamos conseguir esse feito fantástico", garantiu.
Além da queda para a Série B, o rebaixamento na Arena Joinville em 2013 foi marcado por cenas de barbárie, quando centenas de torcedores de Vasco e Atlético-PR se envolveram em uma grande pancadaria que deixou dezenas de feridos e detidos, fato que chegou a interromper a partida e quase cancelá-la.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber