Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

ATUALIZADA

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A confirmação de que a partida entre Vasco e Corinthians, no dia 19 de novembro, será em São Januário deixou a diretoria Corinthians preocupada.
Em entrevista à Rádio Globo, nesta segunda (9), o presidente Roberto de Andrade afirmou que o clube vai acionar o Ministério Público para pedir segurança aos seus torcedores que viajarão ao Rio de Janeiro.
O duelo será como uma final de campeonato, já que pode dar o hexacampeonato ao time paulista e os cariocas precisam vencer para seguir com o sonho de permanecer na elite do futebol brasileiro.
"O confronto entre Vasco e Corinthians sempre é de risco. São torcidas bem rivais, violentas. São Januário para chegar não é muito seguro. Todas as vezes que jogamos lá são dois ou três vidros quebrados (do ônibus)", disse o dirigente.
De acordo com a Polícia Militar do Rio de Janeiro, não há motivo para medo.
"Não há nenhum motivo para receio. Já tivemos vários clássicos aqui e não houve nenhum tipo de problema. Estamos completamente preparados para um jogo desse tamanho", afirmou o major Silvio Luiz, comandante do Grupo Especial de Policiamento nos Estádios.
Ele citou como exemplo o confronto de 2012, da Libertadores, entre Vasco e Corinthians, que também aconteceu em São Januário e não houve problema.
Com brigas recentes entre as torcidas dos dois times, circulou nas redes sociais nestes últimos dias mensagens ameaçadoras, colocando clima de guerra para o duelo.
"Não sabemos até que ponto essas ameaças são bravatas ou se isso será verdade. Cabe à polícia do Rio. Estamos procurando entrar em contato com o Ministério Público para que tome toda a precaução para a segurança de todos os corintianos que vão", completou Roberto de Andrade.
Segundo a Polícia Militar do Rio de Janeiro, medidas de prevenção serão tomadas, como por exemplo a de não vender ingressos para visitantes no dia do jogo.
"Vamos tomar as medidas que temos de prevenção para um jogo desse porte. Na última vez, 42 ônibus vieram para cá, e tudo deu certo", finalizou o major Silvio Luiz.
A partida diante do Vasco pode valer o título brasileiro ao Corinthians. Com 11 pontos de vantagem em relação ao Atlético-MG, o time de Tite precisa de uma vitória por qualquer placar para ficar com a taça.
Se perder ou empatar, no entanto, passa a torcer para que os mineiros não ganhem do São Paulo, no mesmo dia e horário, no Morumbi.
Ainda se isso acontecer, a disputa do título ficará para o fim de semana seguinte, no domingo, contra o próprio São Paulo, em Itaquera.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber