Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

‘Números espetaculares‘ fazem Levir ser prioridade do Atlético-MG em 2016

.

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - A derrota para o Corinthians e o fim do sonho de conquistar o Campeonato Brasileiro fizeram o técnico Levir Culpi ser bastante criticado no Atlético-MG. Em um período que conquistou três títulos (Recopa, Copa do Brasil e Campeonato Mineiro), o treinador atleticano teve o primeiro momento de duras cobranças, até mais do que nas eliminações para o Nacional-COL e Internacional, nas duas últimas edições da Copa Libertadores.
Mas perder o título nacional para o Corinthians não vai determinar o futuro de Levir Culpi na Cidade do Galo. Segurar o técnico por mais uma temporada é a prioridade da diretoria. "O Atlético vem de cinco competições e o Levir foi campeão de três. O Atlético brigava para ser campeão brasileiro e perdeu para o Corinthians por incompetência própria. Não é por uma derrota que você joga fora um trabalho bem feito, de um ano e meio. Você não troca por vaidade, futebol é coisa séria. Você não brinca e troca um técnico com números espetaculares", disse o diretor de futebol do Atlético, Eduardo Maluf, em entrevista à "Rádio Globo".
No entanto, a permanência do treinador não está garantida. Tudo vai depender do acerto financeiro entre as partes. As conversas sobre a renovação de contrato já começaram e, em breve, vai ter a definição sobre a permanência de Levir Culpi ou não no comando técnico do Atlético.
"Ele tem defeito? Tem. Mas o presidente tem, o diretor de futebol tem, os jogadores têm. Todos nós temos. O presidente contrata mal comigo, o técnico escala errado... Mas os números do Levir são incontestáveis. O que me deixa muito triste é que contestam o Levir em Minas e no Brasil inteiro ele é unanimidade, como um dos melhores técnicos, como ele evoluiu. Então, amanhã o Levir pode não ser o técnico, não acertar financeiramente", completou Maluf.
Nesta quarta passagem pelo Atlético, Levir Culpi comandou o time em 111 oportunidades e somou 61 vitórias, além de 21 empates e 29 derrotas. No total, Levir comandou o Atlético 285 vezes, o que faz dele o terceiro técnico que mais vezes dirigiu o time alvinegro na história. Ele está atrás somente de Procópio Cardozo (328 partidas) e Telê Santana (434 partidas).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber