Esportes

Na espera por ondas melhores, liga dá folga para surfistas em Portugal

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A organização da penúltima etapa do Mundial de surfe, em Peniche, Portugal, deu folga para os surfistas nesta segunda-feira (26).
Na espera por ondas melhores, a WSL (Liga Mundial de Surfe) fará uma nova chamada às 5h (de Brasília) de terça-feira (27) para avaliar as condições do mar.
"Não teremos competição hoje. As ondas não melhoraram. Com a maré subindo, há algumas chances [de surfe], mas, com tantas baterias importantes, nós vamos esperar e ver o que acontece amanhã", disse Travis Logie, comissário da WSL.
A competição em Peniche foi interrompida logo depois da segunda bateria da quarta rodada, no domingo (25), por falta de luz natural.
Quando o torneio for reiniciado, o português Vasco Ribeiro, que eliminou o brasileiro Adriano de Souza, o Mineirinho, na terceira fase, vai encarar o havaiano Keanu Asing e o francês Jeremy Flores por uma vaga direta nas quartas de final.
Logo depois, o paulista Gabriel Medina cai no mar para enfrentar o potiguar Ítalo Ferreira e o polinésio Michel Bourez.
O Brasil já tem um surfista nas quartas: o paulista Filipe Toledo.
Com os desempenhos em Portugal, tanto Medina como Filipinho podem assumir a liderança da competição com os descartes –os dois piores desempenhos dos surfistas durante as etapas são descontados.
Para isso, um deles precisa vencer a etapa de Peniche.

continua após publicidade