Mais lidas
Esportes

Com time misto, Palmeiras perde em casa e cai para 7º

.

MARCELO SALTON
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com uma equipe mista, o Palmeiras decepcionou os 21 mil torcedores presentes ao Pacaembu ao perder de 2 a 0 para o Sport, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Marlone abriu o placar aos 15min da etapa inicial. André ampliou, de pênalti, aos 13 do segundo tempo.
Melhor em campo, o rubro-negro de Recife conquistou a sua primeira vitória fora de casa na competição. De quebra, ultrapassou o time paulista, rival direto na briga pelo G4, na classificação.
A vitória deixa os pernambucanos em sexto lugar, com 49 pontos -um a menos do que o Santos, quarto. O Palmeiras ocupa a sétima posição, com 48.
O Palmeiras volta a jogar às 22h da quarta-feira (28), diante do Fluminense, pelo confronto de volta da semifinal da Copa do Brasil. Após perder o primeiro jogo por 2 a 1, o alviverde avança para a decisão da competição se vencer por 1 a 0 ou por dois gols de vantagem.
O JOGO
Focado na Copa do Brasil, o técnico Marcelo Oliveira decidiu dar oportunidade a jogadores menos utilizados durante a temporada, como os argentinos Mouche e Allione. Além disso, o volante Matheus Sales estreou pela equipe profissional.
Para os visitantes, contudo, a partida foi encarada como uma decisão. Com força máxima, o time de Paulo Roberto Falcão repetiu o bom futebol das últimas rodadas. O Sport mostrou segurança na defesa e qualidade para explorar o desentrosamento do rival.
No primeiro lance de perigo, aos 11min, Diego Souza passou por dois marcadores e chutou forte, obrigando Fernando Prass a desviar com a ponta dos dedos pela linha de fundo.
Quatro minutos depois, Marlone tabelou com André e, da intermediária, bateu forte no ângulo esquerdo do goleiro palmeirense para abrir o placar. Só então o alviverde ameaçou a meta adversária. Aos 17, Rafael Marques aproveitou cruzamento de Egídio e forçou Danilo Fernandes a boa defesa.
Em vantagem, os pernambucanos passaram a reduzir a velocidade da partida. Nos acréscimos, após contragolpe veloz, Diego Souza recebeu sem marcação e teve a chance de fazer o segundo, mas o chute foi defendido por Fernando Prass.
Após o intervalo, o Palmeiras ganhou o reforço de Zé Roberto e Dudu. O atacante teve em seus pés a chance de empatar o duelo aos 10min, mas bateu em cima de Danilo Fernandes.
Dois minutos depois, o árbitro assinalou pênalti após Diego Souza ser derrubado por João Pedro dentro da área. Na cobrança, André deslocou Fernando Prass e ampliou com um chute no centro da meta.
Os palmeirenses até que tiveram oportunidades para descontar. Aos 22min, Danilo Fernandes defendeu chute de fora da área de Dudu e, na sequência, finalização à queima-roupa de Cristaldo.
A frustração da torcida porém se transformou em pressão para o jogo diante do Fluminense. "Vencer na quarta-feira é obrigação", gritou parte dos presentes ao Pacaembu.
PALMEIRAS
Fernando Prass; João Pedro, Leandro Almeida, Vitor Hugo e Egídio; Thiago Santos e Matheus Sales (Zé Roberto); Mouche (Gabriel Jesus), Allione (Dudu) e Rafael Marques; Cristaldo
T.: Marcelo Oliveira
SPORT
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Ronaldo), Marlone (Samuel), Diego Souza e Élber (Neto); André
T.: Paulo Roberto Falcão
Estádio: Pacaembu, em São Paulo
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Gols: Marlone, aos 15 min do 1º tempo; André, aos 13 min do 2º tempo
Cartões amarelos: Matheus Sales, João Pedro (P) e Samuel (S)
Público: 19.395 pagantes
Renda: R$ 483.670,00




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber