Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Rosberg disputa GP dos EUA como "franco-atirador" e mira título da F-1

.

TATIANA CUNHA
AUSTIN, EUA (FOLHAPRESS) - A vice-liderança no Mundial de Pilotos da F-1 não foi a única coisa que Nico Rosberg perdeu ao ter de abandonar o GP da Rússia, última etapa do campeonato, realizada em Sochi, há duas semanas.
Ao perder o status de principal adversário de Lewis Hamilton na disputa pelo título deste ano, o alemão também se livrou da pressão que o acompanhou durante toda a temporada.
Justamente por isso chegou ao Texas para a disputa do GP dos EUA, 16ª etapa do Mundial, como franco-atirador.
"Não tenho nada a perder agora. Quero vencer e estou focado nisso neste final de semana", declarou o piloto da Mercedes, que agora tem 73 pontos a menos que seu companheiro de time na classificação -o ferrarista Sebastian Vettel é o segundo colocado, com 66 pontos a menos que Hamilton.
"Nunca pensei em terminar em terceiro [no campeonato]. Com o carro que tenho nas mãos ainda estou na disputa pela primeira posição e é nisso que estou pensando. Claro que sei que não é uma missão fácil, porque sou realista também", afirmou Rosberg no Circuito das Américas, onde neste sábado (24), a partir das 16h (de Brasília), será definido o grid de largada para a corrida deste domingo (25).
"Sei que preciso de sorte também, mas não vou desistir até que não seja mais possível", completou.
Para ficar com o título, porém, Rosberg tem uma missão quase impossível. Teria de vencer as quatro corridas que ainda restam neste ano e ainda torcer contra Hamilton e Vettel.
Até aqui, o piloto alemão venceu três provas, mesma quantidade que seu rival da Ferrari -Hamilton triunfou nove vezes.
Conquistar uma boa posição no grid, hoje, seria fundamental para o alemão manter-se vivo na disputa, como fez no ano passado, quando chegou à última etapa do ano ainda com chances matemáticas de tirar a taça das mãos de Hamilton.
Foi justamente com boas posições de largada que Rosberg conseguiu isso em 2014. Das 19 etapas realizadas, o piloto alemão largou na frente em 11 ocasiões.
"No ano passado fiz a pole aqui e se eu conseguir repetir isso agora estarei em uma boa posição", afirmou Rosberg, que neste ano conquistou apenas três poles.
NA TV - Treino de classificação para o GP dos EUA
16h (de Brasília) - Globo




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber