Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

'O mundo dá muitas voltas', diz futuro presidente do São Paulo

.

CAMILA MATTOSO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Carlos Augusto de Barros e Silva, conhecido como Leco, será o novo presidente do São Paulo.
Há dois anos, antes de Carlos Miguel Aidar ressurgir na política da equipe, era quem seria indicado para a sucessão de Juvenal Juvêncio.
Aos 75 anos, Leco via naquela a sua última oportunidade para ser presidente e realizar um sonho que sempre carregou.
Foi em uma reunião no Morumbi, com toda diretoria presente, que Juvêncio anunciou que era Aidar, e não Leco, o seu candidato, surpreendendo a todos.
Silva chegou a cogitar tentar concorrer nas eleições mesmo sem o apoio do então presidente, mas, frustrado e decepcionado, acabou desistindo.
"O mundo dá voltas. Olha como são as coisas. É o imponderável. Vou receber a presidência das mãos de quem me tirou ela lá trás", afirmou Leco, que é hoje presidente do Conselho Deliberativo do clube, quem, segundo o estatuto, fica com a presidência em caso de renúncia.
Assim que se tornar oficial a saída de Aidar, ele terá 30 dias para convocar uma eleição.
"Acho que tenho grandes chances de sair como candidato único", completou.
Na manhã deste domingo, Carlos Miguel Aidar afirmou ao portal UOL, empresa do Grupo Folha, que edita a Folha de S.Paulo, que vai anunciar sua saída na terça-feira à noite.
Aidar sai depois de ser acusado de participar de negociações de jogadores, pedindo comissão, e de envolver a namorada também em casos obscuros.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber