Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Na súmula, árbitro ignora expulsão anulada em jogo do Palmeiras

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O árbitro Jailson Macedo Freitas ignorou na súmula o cartão vermelho anulado para o lateral esquerdo Egídio durante o jogo do Palmeiras contra a Chapecoense, em Chapecó, pela 21 ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Egídio recebeu o cartão vermelho após tentar desarmar o atacante William Barbio, da Chapecoense, aos 15 minutos da etapa inicial. Depois de marcar a falta e expulsar o jogador, Jailson Macedo Freitas conversou com o assistente e com o quarto árbitro e voltou atrás na sua decisão. O jogador palmeirense, que reclamou muito no momento da marcação da falta, já estava no vestiário.
De acordo com o árbitro, "nada houve de anormal" na partida.
Após a partida, Marco Antônio Martin, delegado do jogo e presidente da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (Anaf), afirmou que não "houve interferência externa na decisão do árbitro. O árbitro tomou sua decisão e foi informado pelo seu auxiliar que o jogador do Palmeiras só tocou na bola. Ele entendeu e voltou atrás", disse.
"O que houve foi uma falha no rádio que eles usam. Aconteceu uma falha de comunicação, mas o que devemos ressaltar é que eles acertaram", completou.
O Palmeiras perdeu para a Chapecoense por 5 a 1 e caiu para a sexta colocação no Campeonato Brasileiro. O time soma 45 pontos, contra 46 do Santos, quarto colocado, e do São Paulo, que está em quinto lugar -leva desvantagem no saldo de gols.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber