Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Ceni falha em clássicos, mas médias de gols sofridos é boa

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Rogério Ceni, 42, do São Paulo, falhou no gol que garantiu o empate ao Palmeiras no clássico de domingo (27), no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Apesar disso, os números mostram que a média de gols sofridos pelo capitão do São Paulo não é das piores das 22 temporadas no clube.
Ceni já disputou 44 jogos neste ano entre Brasileiro, Paulista, Libertadores e Copa do Brasil e tomou 35 gols. Média de 0,80 gol por partida. Ele só não está melhor do que em 1995 (média de 0,73), 2007 (0,65) e 2012 (0,68).
Em 1995, ele atuou em 22 jogos e tomou 16 gols. Em 2007, foram apenas 44 em 68 partidas -seu melhor rendimento. Cinco anos depois, ele levou 23 gols em 34 confrontos.
Os números deste ano são, por exemplo, bem melhores do que em 2005, quando Ceni conquistou o seu principal título com o São Paulo, o Mundial Interclubes, ao bater o Liverpool, no Japão. Nesta temporada, o goleiro foi vazado 103 vezes em 77 jogos (média de 1,34 gol por partida).
Seu pior desempenho aconteceu em 2002, quando levou 78 gols em 51 confrontos, média de 1,53.
No atual Campeonato Brasileiro, Ceni já jogou 19 partidas -foi desfalque em nove- e tomou 18 gols.
Depois do duelo contra o Palmeiras, ele admitiu o erro que ocasionou o gol de Robinho e disse que deveria ter feito outra jogada no lance.
"Deveria ter dado um chutão para qualquer lado. Fugiria da característica do nosso time, mas naquele momento a melhor escolha era essa. E a responsabilidade é de quem escolhe a jogada. Apesar de o time ter um estilo de jogo, eu escolhi sair jogando, e o erro maior foi meu", afirmou o jogador.
A temporada também é boa para o goleiro quando o assunto é fazer gols. Em 2015, ele já balançou as redes oito vezes. Média de 0,18 gol por jogo. Os números só não são melhores do que os anos de 2005 (média de 0,27 gol por partida) e 2006 (0,28).
Ceni está em seu último ano como goleiro do time tricolor. Ele já avisou que vai se aposentar no fim de 2015.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber