Mais lidas
Esportes

Dunga ameaça processar Romário após senador questionar convocações

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O técnico da seleção brasileira, Dunga, disse nesta quarta-feira (23) que estuda processar o senador e ex-jogador Romário (PSB-RJ).
Em entrevista concedida ao jornal italiano "La Gazzetta dello Sport", publicada na terça (22), o ex-atacante questionava o critério de convocações de Dunga, afirmando que o treinador estaria "envolvido na sujeira da CBF". "Eu não sei se ele está sujo, se participa, mas está vendo tudo. Não é nem cego nem estúpido", disse.
O senador levantou a possibilidade de agentes de futebol se envolverem na decisão das convocações e questionou também o fato de o coordenador de seleções da CBF, Gilmar Rinaldi, ter sido procurador até pouco tempo antes de assumir o cargo, em julho de 2014.
Os três fizeram parte do time campeão do mundo, em 1994, na Copa dos Estados Unidos.
"Como todo brasileiro, o senador Romário tem o direito de criticar as convocações da seleção brasileira. Mas não tem direito de pôr em dúvida os critérios que norteiam a escolha dos jogadores, quando afirma, sem provas, que as convocações atenderam a outros critérios que não técnicos", escreveu Dunga, em nota divulgada pela CBF.
Na entrevista ao jornal italiano, Romário disse que "Dunga é seu amigo, mas não é sua hora. Não convoca-se mais os melhores, há interesses por trás. O diretor é Gilmar Rinaldi, que, até um dia antes de sua nomeação, era um agente de jogadores. Uma provocação. Você viu a convocação? Todos pertencem aos empresários que lucram com convocações".
Dunga rebateu. "Repudio as declarações de quem disse ser meu amigo, mas não é. Amizade pressupõe respeito, lealdade e estrita confiança na integridade de quem dedicamos aquele sentimento. Por isso, o senador Romário nunca esteve no meu rol de amigos e fica na obrigação de apresentar os fatos".
O técnico da seleção elogiou Gilmar Rinaldi, a quem chamou de amigo.
"Por fim, informo que nossos advogados estão estudando as medidas legais cabíveis, em face do senador e de suas declarações", finalizou o técnico.
Procurado pela reportagem, Romário não comentou as declarações de Dunga.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber