Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Victor Ramos e Jackson ainda brigam por lugar na zaga

.

PEDRO LOPES
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Ao chegar no Palmeiras , Marcelo Oliveira conseguiu montar um time titular, mas isso durou pouco: depois de uma sequência de quatro vitórias, lesões, mudanças e oscilações de jogadores atrapalharam a base montada. Aos poucos, com ajuda da ascensão de Gabriel Jesus e a chegada de Thiago Santos, o técnico voltou a encontrar uma equipe –falta, entretanto, uma peça, e ela está na defesa.
O alviverde hoje tem donos na laterais –Lucas na direita, Zé Roberto na esquerda. Thiago Santos e Arouca são os volantes considerados titulares, enquanto Robinho, Dudu e Gabriel Jesus formam o trio de ataque ideal que municia Barrios. Na zaga, porém, há uma indefinição: Vitor Hugo é, atualmente, o único titular, e não tem um companheiro fixo.
Enquanto o titular disputou 41 jogos com a camisa alviverde, Victor Ramos e Jackson, que brigam pela posição ao seu lado, jogaram 25 e 24 partidas, respectivamente. Os dois alternam bons e maus momentos na temporada –são seguros na maior parte do tempo, mas não se firmam como titulares. Leandro Almeida chegou como reforço em julho, mas depois de falhar contra o Corinthians e ser expulso diante do Internacional na 24ª rodada não voltou mais ao time.
A indefinição quanto a um companheiro de zaga tem atrapalhado o Palmeiras, que nas onze primeiras rodadas chegou a ter a melhor defesa do Campeonato Brasileiro. Atualmente, é apenas a 11ª defesa que sofreu menos gols – são 30.
"As mudanças atrapalham, porque não dá entrosamento. O Jackson cobre de um jeito, com o Victor Ramos é diferente, com o Leandro, também. Cada um tem sua característica. Quanto menos mexer, mais rápido você entrosa". O diagnóstico é do próprio Vitor Hugo, que lamentou a falta de um companheiro fixo.
Jackson e Victor Ramos são, mais uma vez, as opções para jogar ao lado de Vitor nesta quarta, diante do Internacional, no Beira-Rio. Enquanto busca a defesa ideal, para fazer um bom resultado e se aproximar das semifinais da Copa do Brasil, o Palmeiras aposta na força de seu ataque, melhor do Brasileirão com 48 gols.
O setor ofensivo terá a volta de Dudu, que deve formar um trio com Gabriel Jesus e o argentino naturalizado paraguaio Lucas Barrios.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber