Esportes

Vasco vence Atlético-GO e sai da zona de rebaixamento

Da Redação ·
 O Vasco entrou em campo neste sábado sem os principais reforços
fonte: Arquivo
O Vasco entrou em campo neste sábado sem os principais reforços

No duelo dos desesperados, o Vasco levou a melhor sobre o Atlético-GO, ao vencer por 2 a 0, na noite de sábado, em São Januário, e conseguiu sair da zona de rebaixamento do Brasileirão. Desde o reinício da competição, após a Copa do Mundo na África do Sul, a equipe carioca não sabe o que é perder. Obteve duas vitórias e dois empates, chegando aos 13 pontos, em 12º lugar - subiu seis posições. Já o time goiano permanece na lanterna, com apenas sete pontos.

continua após publicidade

O Vasco entrou em campo sem os principais reforços que contratou durante o período da Copa. Os meias Felipe e Zé Roberto e o atacante Eder Luís não foram inscritos na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a tempo de participar do jogo contra o Atlético-GO. Sem o trio, o técnico Paulo César Gusmão apostou novamente na garotada, cheia de gás para mostrar valor e ganhar espaço no time vascaíno.

continua após publicidade

Do outro lado, o Atlético-GO entrou em campo neste sábado com o moral elevado devido à vitória sobre o então líder invicto Corinthians, por 3 a 1, na última quarta-feira, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Acreditava que poderia embalar no campeonato. Mas a nova derrota manteve o time goiano afundado na lanterna, longe dos principais concorrentes na luta contra o rebaixamento.

continua após publicidade

O Vasco não jogou bem o primeiro tempo, mas desceu para o vestiário, no intervalo, com 1 a 0 no placar. Graças a um forte chute que o volante Nilton desferiu de fora da área aos 33 minutos e o goleiro Márcio, apesar do esforço, não conseguiu defender. Antes disso, o Atlético-GO havia carimbado o travessão do adversário, em bela cobrança de falta do meia Robston.

O Vasco não pode reclamar de falta de sorte. No primeiro lance de perigo do segundo tempo, o meia William chutou forte e a bola explodiu no travessão vascaíno. A resposta dos donos da casa foi rápida e fatal. O meia Fumagalli fez 2 a 0 aos oito minutos. O Atlético-GO sonhou com uma reação ao ver o árbitro Arilson Bispo da Anunciação assinalar pênalti a seu favor. Mas Robston cobrou mal e o goleiro Fernando Prass defendeu, sem largar a bola. Assim, o placar foi mesmo 2 a 0.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA:

continua após publicidade

Vasco 2 x 0 Atlético-GO

continua após publicidade

Vasco - Fernando Prass; Fágner (Irrazábal), Titi, Dedé e Carlinhos (Jumar); Rafael Carioca, Romulo, Nilton e Fumagalli; Jonathan e Nunes (Élton). Técnico - Paulo César Gusmão.

Atlético-GO - Márcio; Dida, Jairo, Daniel Marques e Chiquinho; Pituca, Robston e William (Anaílson); Marcão (Ramalho), Pedro Paulo (Juninho) e Rodrigo Tiuí. Técnico - Roberto Fernandes.

continua após publicidade

Gols - Nilton, aos 33 minutos do primeiro tempo; Fumagalli, aos 8 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Arilson Bispo da Anunciação (BA).

Cartão amarelo - Pituca, Titi, Robston e Chiquinho.

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio São Januário, no Rio.