Esportes

Torcida do Fluminense festeja permanência de Muricy

Da Redação ·
Muricy ainda não deu entrevistas para comentar o caso de recusa parav ser técnico da seleção brasileira
fonte: Agências
Muricy ainda não deu entrevistas para comentar o caso de recusa parav ser técnico da seleção brasileira

A torcida do Fluminense fez grande festa pela permanência do técnico Muricy Ramalho, que não foi liberado pela direção do clube e recusou na sexta-feira o convite da CBF para assumir a seleção brasileira. Para comemorar a boa notícia do dia anterior, cerca de 300 torcedores foram ao treino do time neste sábado, nas Laranjeiras, e vibraram com a continuidade do treinador.

continua após publicidade

Muricy ainda não deu entrevistas para comentar o caso - promete fazê-lo somente depois do clássico deste domingo, quando o Fluminense enfrenta o Botafogo no Engenhão. Neste sábado, ele trabalhou normalmente, comandando o treino dos jogadores nas Laranjeiras. E ouviu os gritos entusiasmados dos torcedores: "Muricy guerreiro, ficou no Flu para ganhar o Brasileiro."

continua após publicidade

A euforia da torcida do Fluminense é resultado do bom momento que vive o time sob o comando de Muricy. Com a vitória sobre o Cruzeiro, na última quinta-feira, passou a ser o líder do Brasileirão. Por isso, a diretoria do clube apostou na continuidade do trabalho do treinador, vetando sua ida para a seleção e já acertando até mesmo a renovação de contrato até 2012.

continua após publicidade

"Nunca tinha visto o torcedor comemorar a permanência de um treinador, isso é uma coisa muito boa para o futebol brasileiro", disse o goleiro Fernando Henrique, que comentou sobre a alegria do elenco pela notícia da continuidade do trabalho. "Ficamos muito felizes e temos de agradecer ao Muricy por ficar conosco no Brasileiro e, se Deus quiser, por bem mais tempo."

Primeira opção da CBF, Muricy chegou a aceitar o convite para assumir a seleção durante a reunião que teve com o presidente da entidade, Ricardo Teixeira, na manhã de sexta-feira. Mas, como o Fluminense não o liberou, acabou recusando o cargo. Assim, Mano Menezes acabou sendo o escolhido como novo técnico do Brasil e, com a anuência do Corinthians, já disse "sim".