Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Presidente do Flamengo reconhece que time foi beneficiado em clássico

.

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello reconheceu que o Flamengo acabou beneficiado pela arbitragem na vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense no último domingo (6), no Maracanã. No primeiro gol, Wallace colocou o braço na bola dentro da área e ela sobrou para Sheik anotar.
"Em 23 rodadas, chegamos ao segundo erro de arbitragem a favor do Flamengo. O outro foi no jogo contra o Internacional (vitória por 2 a 1, em julho) que o Canteros estava em impedimento quando deu o passe para o Guerrero. Isso nos leva a crer que lá pela 35ª, 36ª rodada aconteça um outro erro a nosso favor", afirmou em entrevista ao programa "Bate-Bola" da "ESPN Brasil".
O cartola aproveitou para se queixar bastante da postura da arbitragem em relação ao clube durante todo o Campeonato Brasileiro.
"O Flamengo tem sido muito prejudicado. Acho que a CBF já tem uma videoteca, várias salas com os DVDs que deixamos com erros contra nós, que são vários. Se fosse possível expurgar os erros de arbitragem já estaríamos no sonhado G-4", disse.
"O Flamengo sempre estará à disposição da CBF e dos outros clubes para ajudar a aperfeiçoar o nível da arbitragem", completou.
No meio da tarde, o Flamengo divulgou uma nota oficial reconhecendo o erro da arbitragem no lance irregular de Wallace que gerou o primeiro gol do time. No comunicado, o clube ratificou o incômodo com a arbitragem do Campeonato Brasileiro e reclamou do número de cartões amarelos que o time recebeu no clássico de domingo.
A íntegra da nota oficial divulgada pelo Flamengo:
"O Clube de Regatas do Flamengo vem reiterar seu total descontentamento e repúdio a respeito da arbitragem nos jogos do Campeonato Brasileiro de 2015. No último final de semana, mais uma vez os torcedores presenciaram uma série de equívocos que mancham o espetáculo do futebol. Neste domingo (6.09), a arbitragem atrapalhou o sucesso do Fla-Flu, o clássico mais charmoso do Brasil.
Lamentamos os critérios e os erros que influenciaram diretamente no número de cartões amarelos anotados e na ausência de marcação de um toque de mão no primeiro gol rubro-negro. O Clube de Regatas do Flamengo ratifica sua posição contrária aos equívocos dos árbitros que têm sido tão comuns no Brasileiro.
Posição que marcamos não apenas nos momentos em que somos prejudicados, mas, igualmente, também quando somos favorecidos de qualquer forma.
Sobre o clássico, vale ainda enfatizar que a arbitragem influenciou o resultado dos dois Fla-Flus deste Brasileiro: o do turno (em uma marcação de pênalti inexistente, inversões de faltas e uma expulsão controversa) e o do returno.
Amplamente visto pela sociedade, imprensa e autoridades como uma instituição transparente e que cumpre com todas as suas obrigações, o Clube de Regatas do Flamengo compreende que toda atividade exercida por homens e mulheres está sujeita a erros. Mas, novamente, não acreditamos que a ocorrência de tais erros venha a diminuir sem que alguma ação concreta seja tomada pela Confederação Brasileira de Futebol e pela Comissão Nacional de Arbitragem, de quem cobramos uma maior atenção à imparcialidade e à credibilidade do futebol brasileiro, outrora o mais admirado do mundo.
Clube de Regatas do Flamengo"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber