Mais lidas
Esportes

Bolt diz que não vai mais correr em 2015 e já pensa na Rio-2016

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O jamaicano Usain Bolt, 29, disse nesta segunda-feira (7) que não vai correr mais em 2015. O velocista participaria da prova dos 200 m da etapa de Bruxelas (Bélgica) da Diamond League, na sexta-feira (11), mas desistiu ao alegar que precisa de um tempo para recarregar as baterias.
"Depois das emoções das últimas semanas no Mundial de atletismo em Pequim [na China], eu decidi não correr mais em 2015. Eu já estou pensando no próximo ano e na Olimpíada de 2016, onde vou tentar defender os meus títulos nos 100 m, 200 m e no revezamento 4 x 100 m. Vou desfrutar de uma curta pausa de treinamento agora para recarregar antes de voltar aos treinos no próximo mês", escreveu Bolt em seu Facebook.
"Competi em Bruxelas muitas vezes ao longo dos anos e é sempre um dos melhores encontros do circuito. A pista é rápida e a casa sempre está cheia. Eu estava ansioso para correr lá este ano, mas estou feliz de terminar a temporada sem lesões e pronto para 2016. Tenho recebido um apoio inacreditável ao longo das últimas semanas e gostaria de agradecer a todos os fãs por seus bons desejos", escreveu.
Bolt teve grande participação no Mundial de Pequim, que se encerrou no dia 30 de agosto. O jamaicano ganhou ouro nos 100 m ao vencer o seu maior rival no momento, o norte-americano Justin Gatlin, por apenas um centésimo de segundo.
Nos 200 m, ele sobrou. Venceu com facilidade, bem como no revezamento 4 x 100 m.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber