Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Érika se recupera de frustração na semi e ganha bronze no Mundial

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A brasileira Érika Miranda, 28, conquistou a primeira medalha do país no Mundial de judô de Astana, no Cazaquistão. Nesta terça-feira (25), a judoca venceu a italiana Odette Giuffrida e garantiu o bronze na categoria até 52 kg. Ela saiu vitoriosa do tatame após a rival tomar uma punição quando faltavam 30 segundos para o término da luta.
Érika disputou a medalha de bronze aproximadamente 30 minutos após ver escapar a chance de brigar pelo ouro. Na semifinal, a brasileira vencia a luta contra a japonesa Misato Nakamura, quando sofreu um wazari a menos de três segundos do final do combate.
Antes da derrota para a japonesa, Érika fez três lutas praticamente perfeitas. Com um ippon, ela estreou com vitória sobre a armênia Zhanna Stankevich. Nas duas lutas seguintes, a brasileira venceu por estrangulamento a cazaque Lenariya Mingazova e Darya Skrypnik, de Belarus.
Érika tem se convertido, desde o final de 2012, em uma das mais regulares judocas da seleção. Prova disso é que medalhou nos dois últimos Mundiais: foi prata no do Rio, em 2013, e bronze no de Cheliabinsk, há um ano.
No Pan de Toronto, há um mês, foi a única mulher a sair com um ouro.
Ainda nesta terça-feira, Charles Chibana (até 66 kg) foi eliminado logo na primeira rodada ao ser derrotado pelo chinês Duanbin Ma.
Na segunda-feira, primeiro dia de competição, o Brasil não conquistou medalha.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber