Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

ATUALIZADA

.

PAULO ROBERTO CONDE, ENVIADO ESPECIAL
KAZAN, RÚSSIA (FOLHAPRESS) - O brasileiro Thiago Pereira, 29, conquistou nesta quinta-feira (6) a medalha de prata nos 200 m medley no Mundial de Kazan, na Rússia. Ele completou a prova com 1min56s65.
A medalha de ouro ficou com o norte-americano Ryan Lochte, que cravou 1min55s81. O chinês Wang Shun completou o pódio com 1min56s81.
Já Henrique Rodrigues, outro brasileiro na prova, ficou na sétima colocação com o tempo de 1min58s52.
A prova não contou com alguns dos principais rivais do brasileiro, como o japonês Kosuke Hagino, o norte-americano Michael Phelps e o húngaro Laszlo Cseh.
Com o resultado, Thiago Pereira conquistou sua terceira medalha em Mundiais. Em Barcelona-2013, faturou o bronze nos 200 m medley e nos 400 m medley.
"Foi bom, fiquei muito feliz como nadei. Consegui virar bem do peito para o crawl e acho que consegui o mais importante, que era a medalha. É minha melhor colocação em Mundiais. É bom conseguir um resultado assim um ano antes do Rio, mas é um caminho longo, tenho muita coisa para treinar e melhorar", disse Thiago Pereira logo após a prova.
"Subir no bloco em uma Olimpíada é outro esporte. Na natação ainda mais, porque é sozinho, só você. É um jogo de cabeça. Posso buscar outra medalha ou não, vai ser o auge da carreira. Vou me preparar o melhor possível", completou.
Ele tem também no currículo a medalha de prata nos 400 m medley nos Jogos Olímpicos de Londres.
A medalha de prata conquistada por Thiago Pereira foi a segunda do Brasil nas piscinas de Kazan. Na segunda-feira (3), Nicholas Santos faturou a prata nos 50 m borboleta.
No total, o país tem cinco medalhas na competição. Além das duas conquistadas na piscina, o Brasil ganhou outras três na maratona aquática: ouro nos 25 km, prata por equipes e bronze nos 10 km.
Em julho, Thiago Pereira se tornou o maior medalhista em Jogos Pan-Americanos.
100 M LIVRE
O brasileiro Marcelo Chierighini ficou na quinta colocação nos 100 m livre com o tempo de 48s27. Chierighini virou os 50 m entre os três primeiros, mas não conseguiu manter o ritmo na parte final da prova.
O ouro ficou com o chinês Ning Zetao, com 47s84.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber