Mais lidas
Esportes

Revezamento feminino não vai à final do Mundial, mas obtém vaga na Rio-16

.

PAULO ROBERTO CONDE, ENVIADO ESPECIAL
KAZAN, RÚSSIA (FOLHAPRESS) - O revezamento 4 x 200 m livre feminino brasileiro ficou fora da final da prova no Mundial de Kazan, mas assegurou classificação para os Jogos Olímpicos do Rio-2016 nesta quinta-feira (6).
Manuella Lyrio, Jessica Cavalheiro, Joanna Maranhão e Larissa Oliveira marcaram o tempo de 7min57s15, o décimo no geral. Os 12 melhores times se garantiam na disputa olímpica no próximo ano.
"Essa equipe está melhorando muito. A vaga olímpica era muito importante, já que ficamos fora em Pequim e em Londres", afirmou Joanna, em alusão aos dois últimos Jogos Olímpicos.
Se elas caíram, Leonardo de Deus avançou para a semifinal nos 200 m costas. Ele obteve o décimo tempo geral, com 1min57s73. "Dei tudo o que tinha já nesta manhã. Não tenho treinado tanto esta prova. Vamos ver o que pode acontecer à tarde", afirmou.
Eliminado antes da final dos 200 m borboleta, sua especialidade, ele disse que pretende lutar por uma vaga na decisão dos 200 m costas com afinco. "Estou mordido por ter saído nos 200 m. Agora é tentar melhorar ainda mais esse tempo".
Larissa Oliveira e Graciele Herrmann disputaram as eliminatórias dos 100 m livre, mas nenhuma passou de fase. 
Recordista sul-americana da prova, Larissa chegou a chorar na conversa com os jornalistas com a frustração. Ela comentou que quase abandonou a ideia de vir para o Mundial de Kazan depois de obter resultados ruins no Pan de Toronto.
"Eu não queria me decepcionar em Kazan, como foi em Toronto. Cogitei pedir dispensa. Recentemente, tive dois problemas: meu pai foi assaltado e minha irmã desmaiou e quebrou a mandíbula. E eu não estava presente. Mas o que não mata fortalece. Vida de atleta é dura", contou.
As finais desta quinta-feira têm início às 11h30 (de Brasília), na Arena de Kazan.
O Brasil terá quatro atletas em decisões de medalha nesta quinta-feira : Thiago Pereira e Henrique Rodrigues nos 200 m medley, Etiene Medeiros nos 50 m costas e Marcelo Chierighini nos 100 m livre.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber