Mais lidas
Esportes

Seleção feminina fica fora do pódio pela 1ª vez em 16 anos

.

MARCEL MERGUIZO E PAULO ROBERTO CONDE, ENVIADO ESPECIAL
TORONTO, CANADÁ (FOLHAPRESS) - A seleção brasileira feminina de basquete terminou o Pan de Toronto fora do pódio.
Nesta segunda-feira (20), foi superada por Cuba por 66 a 62 e fechou sua campanha no evento na quarta posição.
É a primeira vez desde a edição de Winnipeg-1999 que o Brasil fica sem medalha em um Pan. Há 16 anos, o time nacional também havia sido quarto colocado. Em 64 anos de Pan, esta é apenas a quarta vez que fica fora da premiação (as outras em Cidade do México-1975 e San Juan-1979).
A última vez que a seleção conquistou um ouro no evento foi em Havana-1991, com um time que tinha como destaques Hortência e Magic Paula, e que ficou marcado por receber as medalhas de Fidel Castro, presente na decisão.
Nesta segunda-feira, a equipe comandada por Luiz Augusto Zanon pagou pelos próprios erros. Venceu o primeiro quarto por 16 a 14, mas foi para o intervalo atrás (37 a 32).
No terceiro quarto, esboçou reação e diminuiu a vantagem cubana para um ponto. Mas, no período decisivo, voltou a cometer muitas falhas e viu as adversárias triunfarem.
A cestinha do duelo foi a cubana Ineidis Casanova, com 18 pontos. Outro destaque caribenho foi a pivô Clenia Noblet, ligeiramente acima do peso, com 16. Pelo time verde-e-amarelo, Tainá anotou 16 pontos.
A equipe brasileira fez cinco jogos em Toronto. Ganhou apenas dois (Porto Rico e República Dominicana) e perdeu três (para Estados Unidos, Canadá e Cuba).
O time foi formado, em sua maioria, por atletas que atuam na Liga de Basquete Feminino, principal competição nacional. Ressentiu-se das ausências de suas principais atletas como Érika, Damiris, Nadia e Clarissa, que estão na WNBA.
A seleção voltará à quadra para jogar o Pré-Olímpico de Edmonton, também no Canadá, de 9 a 16 de agosto.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber