Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Ronaldinho é apresentado no Maracanã

.

RODRIGO PARADELLA
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Após pouco mais de 45 minutos de atraso, Ronaldinho Gaúcho, enfim, chegou ao Maracanã para ser apresentado à torcida do Fluminense. E logo que entrou no estádio, a nova estrela tricolor não escondeu a emoção de ver a torcida lotando as ruas próximas para recebê-lo e disse esperar em campo o quanto antes. O barulho feito pelos torcedores da arquibancada, inclusive, podia ser ouvido no auditório onde ocorreu a entrevista coletiva.
"Queria poder entrar em campo já hoje mesmo. Emoção muito grande de poder voltar ao Rio e motivado para poder fazer o meu melhor. Vontade de pegar a chuteira e entrar em campo. Chegar aqui e ver o estádio lindo me deixa assim. A perna já está tremendo, dá uma vontade de jogar logo", afirmou o novo camisa 10 em entrevista coletiva que, por conta do atraso, acabou sendo reduzida.
A rivalidade com o ex-clube Flamengo e recente polêmica criada pela sua negociação com o Vasco não intimidam Ronaldinho em sua chegada ao Fluminense, o quatro brasileiro pelo qual atua. Antes, além do rubro-negro, ele defendeu Grêmio e Atlético-MG.
"Algo normal [a rivalidade], algo que já tinha vivido em outros clubes. Independente do time me tratam com respeito. Vou procurar fazer história com mais um clube", analisou o jogador.
E mesmo com toda vontade de estar em campo, Ronaldinho admitiu que as pernas já não respondem mais como antes e ele acabará ficando para "trás" na disputa com a molecada tricolor.
"Eu vim com a cabeça voltada só para jogar. Procurar ajudar em todos os aspectos. Procurar ser um bom exemplo. Sei que vai ser difícil correr mais que os jovens. Vou me esforçar para ser um bom exemplo", comentou, rechaçando ainda qualquer pressão para ser o grande nome da equipe.
O status de novo craque do elenco, no entanto, não impressiona Ronaldinho, que não se vê como o líder do grupo do Fluminense. Ele quer ser apenas mais um na equipe tricolor.
"Não vim para comandar nada, vim para fazer minha parte dento de campo. Me dedicar e fazer minha história dentro do clube. Estou aqui para ajudar", disse o camisa 10, mantendo a humildade.
Apesar de toda festa neste domingo e do contrato já assinado há mais de uma semana, Ronaldinho ainda irá demorar um pouco para defender o Fluminense em campo. O acordo entre estafe do atleta e diretoria tricolor determinou que o Gaúcho iniciará os treinos no próximo dia 27. A estreia deverá ser no dia 2 de agosto, contra o Grêmio, no Maracanã.
Após a primeira entrevista coletiva como jogador do Fluminense, Ronaldinho Gaúcho foi ao gramado do Maracanã, onde foi recepcionado pela torcida tricolor presente para o clássico com o Vasco, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Homenageado pelos torcedores, o craque foi sucinto ao se comunicar com eles:
"Muito obrigado pelo carinho. Vamos que vamos", disse Ronaldinho, cercado por dezenas de repórteres no gramado do estádio. O jogador chegou a se aproximar da arquibancada onde estavam os torcedores do Fluminense e ficou a apenas alguns metros dos tricolores mais próximos do campo.
A torcida tricolor foi a loucura com o camisa 10, que foi apresentado pelo telão do Maracanã. Através do sistema sonoro do estádio, o Fluminense relembrou o currículo vitorioso do jogador, campeão mundial pela seleção brasileira em 2002 e eleito melhor do mundo pela Fifa em duas oportunidades enquanto atuava pelo Barcelona, em 2005 e 2006.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber